terça-feira, 15 de janeiro de 2019

MADURO ANUNCIA AUMENTO DE 300% NO SALÁRIO MÍNIMO NA VENEZUELA

O ditador venezuelano, Nicolás Maduro, anunciou nesta segunda-feira (14) um aumento de 300% no salário mínimo, que passou de 4,5 mil para 18 mil bolívares. Nicolás Maduro também garantiu que seu regime continuará a assumir o pagamento das relações de funcionários de empresas privadas para evitar que esta alta alimente a inflação. 
Em discurso anual à nação, realizado na sede da Assembleia Nacional Constituinte, parlamento formado apenas por congressistas chavistas, Maduro afirmou: “O salário mínimo nacional será de 18 mil bolívares soberanos para a classe trabalhadora da Venezuela.” Com este aumento, o salário mínimo subiu US$ 5,22 para US$ 20,9, segundo a taxa oficial de câmbio, o que mantém os quase 4 milhões de trabalhadores que o recebem em situação de pobreza extrema pela classificação das Nações Unidas. 

O ditador da Venezuela explicou que o novo valor estará em vigor a partir desta terça-feira (15) e deve ser adotado de forma automática por todos os órgãos públicos, informa a agência “EFE“. Segundo o Fundo Monetário Internacional (FMI), a Venezuela deve fechar 2019 com uma inflação de 10.000.000%, um dos principais símbolos da grave crise econômica enfrentada pelo país.
*Renova Mídia 

0 comentários:

CURTA!