sexta-feira, 17 de maio de 2024

BAHIA É O ESTADO COM MAIOR NÚMERO DE ANALFABETOS NO BRASIL, APONTA IBGE


A Bahia continua a ser o estado brasileiro com o maior número de não alfabetizados, contabilizando 1,4 milhão de pessoas com 15 anos ou mais que não sabem ler nem escrever. Os dados são parte de uma pesquisa divulgada nesta sexta-feira (17) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com análises baseadas nos Censos de 2010 e 2022.

O levantamento revelou que o Brasil tinha quase 11,5 milhões de pessoas não alfabetizadas em 2022, correspondendo a uma taxa de analfabetismo de 7% no país. Na Bahia, essa taxa recuou de 16,6% em 2010 para 12,6% em 2022, mostrando uma melhora significativa, mas ainda preocupante.

O Nordeste concentra pouco mais da metade dos analfabetos do Brasil, representando 53,7% do total, com destaque para Alagoas (17,7%), Piauí (17,2%) e Paraíba (16,0%). Na Bahia, o analfabetismo é mais prevalente entre homens, indígenas e pessoas com mais de 55 anos.

Por outro lado, Salvador, a capital baiana, apresenta a menor taxa de analfabetismo do estado, com 3,5%, sendo a décima terceira entre as 27 capitais brasileiras. Em comparação com 2010, Salvador perdeu uma posição para Cuiabá (MT).

Os dados ressaltam a necessidade contínua de investimentos em educação e políticas públicas para erradicar o analfabetismo, especialmente entre as populações mais vulneráveis.

quinta-feira, 16 de maio de 2024

CHATGPT "FLERTA" DURANTE CONVERSA E ENSINA MATEMÁTICA DE FORMA SURPREENDENTE EM NOVA VERSÃO

Parece bom, mas ainda precisa de muitas melhorias.

Na última terça-feira, 13 de maio, a OpenAI lançou a versão mais recente do chatbot ChatGPT. A novidade é que o GPT-4o será gratuito para todos os usuários e, curiosamente, o chatbot consegue ensinar matemática e até “flertar” durante a conversa. Além disso, este modelo é mais rápido que os anteriores e sua programação foi feita para que ele se assemelhe a humanos conversando — e é aí que o flerte aparece.

Nesta versão o ChatGPT se tornou de mil e uma utilidades. Ele é capaz de ler e discutir imagens, traduzir idiomas e identificar emoções a partir de expressões visuais. Além de tudo, ele possui memória para recuperar as perguntas anteriores. O robô também pode ser interrompido durante as conversas, que fluem com mais facilidade nesta versão. No entanto, como nem tudo que parece perfeito realmente é, ele apresentou falhas durante uma demonstração ao vivo de seu uso.

Falhas ao vivo

Foi realizada uma demonstração ao vivo da versão de voz do GPT-4o , na qual o chatbot deu sugestões de como resolver uma equação simples. O que chamou a atenção foi que ele poderia ter simplesmente resolvido a questão. Além disso, a nova versão fez análise de códigos de computador, traduzindo entre italiano e inglês. Ele também conseguiu interpretar emoções na selfie de um homem que aparecia sorrindo.

O flerte apareceu quando a voz feminina do robô cumprimentou as pessoas durante a demonstração e, após receber um elogio, respondeu: “Pare com isso, você está me fazendo ficar vermelha!”. As informações são da BBC.

Depois disso, o robô ainda demonstrou diversas falhas como confundir um homem com uma superfície de madeira, e até começou a resolver uma equação que sequer tinha sido mostrada a ele. Programado para que se assemelhe a humanos conversando, o chatbot utiliza uma escolha de palavras gentis e interessantes. Apesar de parecer bom, tudo indica que muitas melhorias ainda precisam ser feitas.

(Fonte: IGN Brasil)

 

COM PASTA DE PAULO PIMENTA, GOVERNO LULA IGUALA RECORDE DE MINISTÉRIOS

Lula chega a 39 ministérios, o mesmo número de pastas do governo Dilma Rousseff então recordista isolado

Com a criação da Secretaria Extraordinária para Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul, o governo Lula igualou o recorde do número de ministérios estabelecidos pela Dilma Rousseff (PT) em 2015.

Na época, a antecessora petista de Lula havia criado 39 pastas. Lula agora também tem 39 ministérios.

Ao longo do governo Jair Bolsonaro (PL), foram criadas 23 pastas; durante a gestão Michel Temer (MDB) foram 29 pastas.

Apesar de ter status de ministérios, a pasta de Paulo Pimenta contará com um secretário-executivo e outros 10 cargos comissionados. A expectativa é que o gabinete especial funcione apenas até fevereiro do ano que vem.

Como mostramos mais cedo, o presidente Lula (PT) oficializou a criação do Ministério Extraordinário de Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul.

A cerimônia de posse aconteceu durante a visita de Lula ao estado gaúcho. Para assumir o novo cargo, Pimenta deixará o posto atual de ministro da Secretaria de Comunicação Social.

“O trabalho que nós temos pela frente é um desafio enorme para cada um, cada uma de nós. Desde o primeiro momento temos trabalhado, quero aqui publicamente dizer isso, em absoluta sintonia e parceria com o governo do estado”, disse Pimenta após assinar o termo de posse.

Além da criação do ministério para Paulo Pimenta, o governo federal anunciou a criação de um auxílio de R$ 5,1 mil para famílias afetadas pelas enchentes.

Além de Lula e Paulo Pimenta, a visita ao Rio Grande do Sul contou com a presença do ministro Luís Roberto Barroso, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF). Os presidentes Rodrigo Pacheco (PSD-MG), do Senado, e Arthur Lira (PP-AL), da Câmara, declinaram do convite do governo federal.

A escolha de Pimenta para o posto gerou críticas entre integrantes do PT e por parte dos aliados do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB). O tucano teria ficado sabendo da escolha do nome pela imprensa.

O deputado federal Aécio Neves, um dos líderes do PSDB, chamou a indicação de Pimenta de “excrescência”

(Fonte: O Antagonista)

 

DEPUTADO FEDERAL DAL BARRETO DESTINA 1 MILHÃO PARA A SANTA CASA DE SANTO ANTÔNIO DE JESUS


O deputado federal Dal Barreto anunciou a destinação de 1 milhão de reais para a Santa Casa de Misericórdia de Santo Antônio de Jesus, também conhecida como Hospital Luís Argôlo. O anúncio foi feito nesta terça-feira (14) em suas redes sociais, após uma reunião em seu gabinete em Brasília.

Na ocasião, estiveram presentes o pré-candidato a prefeito de Santo Antônio de Jesus, Dr. Euvaldo Rosa, o vereador e presidente da Câmara, Chico de Dega, a vereadora Dalva Mercês, a superintendente da Santa Casa, Ludmila Reis, e a diretora administrativa, Elenildes Medeiros.

Dal Barreto destacou a importância da Santa Casa para a cidade e toda a região do Recôncavo Baiano, elogiando o trabalho humanizado e de alta qualidade que a instituição realiza diariamente, atendendo principalmente a população mais necessitada.

O deputado também revelou ter recebido um convite para participar da inauguração do complexo neonatal e da implementação de cirurgias oftalmológicas na Santa Casa, eventos que deverão acontecer em breve.

"Contem comigo, meus queridos! Vamos juntos! O trabalho não para nunca!" finalizou Dal Barreto em sua publicação.

A comunidade de Santo Antônio de Jesus celebra essa importante conquista, que promete fortalecer ainda mais a estrutura de saúde local e beneficiar a população.

GOVERNO FEDERAL ANUNCIA PIX DE R$ 5,1 MIL PARA FAMÍLIAS DO RS

As famílias que perderam móveis, eletrodomésticos e outros objetos com as enchentes que devastaram o Rio Grande do Sul nas últimas semanas terão direito a um benefício de R$ 5.100 concedidos pelo governo federal. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (15) pelo ministro-chefe da Casa Civil, Rui Costa, durante visita da comitiva liderada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva a São Leopoldo do Sul, na região metropolitana de Porto Alegre.  

"A ajuda que hoje a gente verbaliza é uma ajuda para pessoas que perderam sua geladeira, seu fogão, sua televisão, seus móveis, seu colchão. Será atestado pela Defesa Civil de cada município, aquela poligonal, aquelas ruas onde as pessoas perderam seus objetos. Essas pessoas terão, de forma rápida, facilitada, via Caixa Econômica Federal, a transferência, nas suas contas, via Pix, de R$ 5.100", afirmou Costa.

Segundo o ministro, a estimativa inicial é que o benefício alcance cerca de 200 mil famílias, a um custo de R$ 1,2 bilhão. O procedimento será autodeclaratório e as autoridades vão cruzar dados para confirmar se a área onde a pessoa beneficiada vive está entre as atingidas pelas inundações.

O anúncio do governo faz parte de um pacote de medidas voltadas ao apoio direto à população atingida pela maior catástrofe ambiental da história do Rio Grande do Sul. Ao todo, 449 municípios foram afetados. Até a última atualização, na manhã desta quarta, foram registradas 149 mortes, 108 desaparecidos e mais de 800 pessoas feridas.

Novas habitações

Além do Auxílio Reconstrução, como foi batizado o benefício de R$ 5,1 mil para recuperação de bens, o governo federal anunciou outras medidas para as pessoas que tiverem suas casas destruídas pelas chuvas e enchentes nas áreas urbanas. O número de residências perdidas no estado ainda não foi levantado.

"O presidente Lula está garantindo que as casas que foram perdidas na enchente, aquelas que se encaixam dentro do perfil de renda do Minha Casa Minha Vida [faixas] 1 e 2, 100% dessas famílias terão suas casas garantidas de volta pelo governo federal", afirmou Rui Costa.

Pelas regras do programa habitacional, a faixa 1 compreende famílias com renda bruta familiar mensal de até R$ 2.640. Já a faixa 2 abrange famílias com renda entre R$ 2.640,01 e R$ 4.400.

Entre as medidas apresentadas, está a compra assistida de imóveis usados. Segundo o ministro Rui Costa, a ideia é que as pessoas que se encaixam na faixa de renda do programa possam buscar, desde já, opções de imóveis à venda nas suas cidades, que serão adquiridos a partir de avaliação da Caixa Econômica Federal.    

"Aquelas pessoas que estão em abrigo, seja abrigo oficial ou estão abrigadas em casas de familiares, elas já podem procurar na sua cidade um imóvel à venda que o governo federal, através da Caixa, vai comprar a casa e entregar à pessoa", disse o ministro. A estratégia de reposição de casas em áreas rurais será anunciada posteriormente pelo governo.

Outra opção é a compra de imóveis diretamente das construtoras. O governo também vai abrir editais novos do Minha Casa Minha Vida a partir de demanda de déficit habitacional apresentada pelas próprias prefeituras, incluindo possibilidade de remodelação de imóveis já existentes para transformação em áreas residenciais.

FGTS e leilão de imóveis

O governo federal também vai permitir que trabalhadores com carteira assinada possam sacar do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), nas cidades atingidas, até o valor de R$ 6.220, independentemente da vedação legal que limita um intervalo de 12 meses entre um saque e outro, isso para permitir que pessoas que sacaram o FGTS nas enchentes do ano passado, no Vale do Taquari, possam acessar o recurso nas contas novamente.

Também foi anunciada a retirada de leilão de imóveis de pessoas inadimplentes, em financiamentos por meio dos bancos públicos federais. "Nós determinamos que todas as casas que estavam para leilão, aqui nas cidades atingidas, da Caixa e do Banco do Brasil, vamos retirar do leilão, o governo federal fará a quitação e entregará às famílias que precisam das casas", anunciou o ministro-chefe da Casa Civil.

Beneficiários do seguro-desemprego no Rio Grande do Sul terão direito a duas parcelas adicionais. Além disso, o governo concedeu pausa nos pagamentos de financiamentos de imóveis por 180 dias, além de carência de 180 dias para novos contratos.

Bolsa Família

O governo também informou que 21 mil novas famílias foram incluídas no programa Bolsa Família no Rio Grande do Sul. Além disso, as parcelas do pagamento do auxílio serão antecipadas no estado para o próximo dia 17.

Restituição do IR

Em outro anúncio, Rui Costa confirmou que o primeiro lote de restituições do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) será pago no próximo dia 31 de maio para todos os contribuintes do Rio Grande do Sul que fizeram a declaração. O lote tem valor de R$ 1,1 bilhão.

Terceira visita

O presidente Lula chegou ao Rio Grande do Sul pela manhã, em sua terceira visita ao estado desde o início da tragédia. Ele visitou um abrigo público em São Leopoldo e, na sequência, se reuniu com o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite.

*Agência Brasil 
QUATRO MENORES SÃO ENCONTRADOS COM FACAS EM MOCHILAS EM ESCOLA DE AMARGOSA


Nesta quarta-feira (15), quatro menores foram encontrados portando facas em suas mochilas em uma escola de Amargosa. A situação gerou grande preocupação entre a comunidade escolar e levou à imediata intervenção das autoridades.

De acordo com a Guarda Civil Municipal (GCM), os menores foram encaminhados à delegacia de polícia local, acompanhados por seus pais e responsáveis da escola, para prestarem depoimento sobre o ocorrido. As autoridades estão investigando o caso para determinar as circunstâncias e motivos que levaram os jovens a portar armas brancas dentro da escola.

Este incidente ressalta a importância de medidas de segurança e monitoramento nas instituições de ensino, bem como a necessidade de diálogo constante entre alunos, pais e educadores para prevenir situações de risco. A comunidade aguarda mais informações sobre as ações que serão tomadas pelas autoridades competentes.

Acompanhe os próximos desdobramentos deste caso que preocupa e exige uma resposta rápida e eficaz para garantir a segurança de todos.

TOFFOLI REJEITA PRENDER MORAES EM PEDIDO DE FAMÍLIA DE PRESO DO 8/1 QUE MORREU NA PAPUDA


O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, negou um pedido de prisão feito pela família de Cleriston Pereira contra o ministro Alexandre de Moraes. Réu do 8 de janeiro, Cleriston foi vítima de um mal súbito enquanto estava preso na Papuda, no ano passado.

“A peça, que é amparada unicamente em ilações e acusações infundadas, com breves intersecções com a realidade e despida de fundamentação jurídica correlata aos fatos e provas, é, sobretudo, panfletária, de modo que até as acusações são eivadas de adjetivações sem, repito, qualquer comprovação”, disse Toffoli na decisão publicada no dia 6 de maio.

Cleriston sofreu morte súbita no dia 20 de novembro de 2023 durante banho de sol na Papuda, onde estava preso preventivamente há dez meses por suposto envolvimento nos atos do dia 8 de janeiro.

“Não há, efetivamente, descrição de condutas do querelado, apenas a construção de um calendário com os fatos que apontariam, na visão dos peticionários, a automática subsunção em figurinos penalmente típicos, o que, como visto, prejudica a análise geral do caso”, disse Toffoli em outro trecho da decisão.

Desde janeiro de 2023 a defesa do empresário tentava um pedido de liberdade provisória com base em laudos médicos que alertavam para o risco de morte súbita caso Cleriston não retomasse os tratamentos adequados fora da carceragem.

Nos pedidos de soltura, o advogado também alegava abusos cometidos durante a prisão do empresário e no andamento do processo acusatório.

Cleriston chegou a receber do Ministério Público Federal (MPF) um parecer favorável à saída da Papuda. O pedido de liberdade provisória foi encaminhado ao ministro e relator das ações do 8/1, Alexandre de Moraes, no fim de agosto de 2023 e aguardava análise.

Cleriston tinha 46 anos, morava em Brasília e deixou esposa e duas filhas.

“É consabido que os prazos previstos para o magistrado decidir são impróprios, ou seja: seu descumprimento não traz consequências ao processo. O dispositivo em comento, ainda que se lograsse demonstrar configurado no caso concreto - o que, evidentemente, também não ocorreu -, não atrai ao magistrado a posição de 'garante', como pretende a inicial [...] Evidencia-se, dessa forma, uma tentativa de colocar o querelado em espécie de 'garantidor universal', o que não se admite nem mesmo no âmbito da responsabilidade civil do Estado, quiçá em relação à responsabilidade criminal, revelando-se mais uma premissa equivocada na construção do raciocínio proposto pelo querelante”, diz outro trecho da decisão.

Antes da morte de Cleriston, pelo menos três relatórios oficiais de diferentes entidades apontaram violações dos direitos humanos dos réus dos 8/1.

*GAZETA DO POVO

quarta-feira, 15 de maio de 2024

CBF SUSPENDE RODADAS DO CAMPEONATO BRASILEIRO


Na tarde desta quarta-feira (15), a CBF anunciou a paralisação do Campeonato Brasileiro por conta das fortes chuvas no Rio Grande do Sul. Em nota oficial divulgada, a entidade revelou suspender as rodadas 7 e 8 do torneio nacional a pedido de 15 dos 20 clubes participantes.

Sendo assim, o principal torneio nacional não terá partidas nos próximos dois fins de semana. Vale lembrar que as equipes do Sul voltariam a entrar em campo no dia 27 de maio. A decisão foi tomada também por conta do pedido feito pela Federação Gaúcha de Futebol (FGF).

Corinthians, Flamengo, Palmeiras, Red Bull Bragantino e São Paulo foram os cinco clubes que não pediram a suspensão da competição, de acordo com o ofício da CBF.

Veja a nota oficial da CBF:

Nos últimos dias, o Brasil se viu radicalmente afetado por uma tragédia ambiental sem precedentes na história, que impactou diretamente milhões de pessoas no Estado do Rio Grande do Sul e, por conseguinte, o futebol praticado no Brasil.

Nesse sentido, não se pode olvidar que o esporte e a sociedade caminham concomitantemente, não podendo se separar ainda mais em um momento tão difícil para a população brasileira.

Sendo assim, a CBF, como entidade nacional de administração do desporto, se solidariza com cada vítima desse evento catastrófico, ressaltando que está empreendendo todos os esforços, no âmbito nacional e internacional, que estão ao seu alcance para colaborar com o povo gaúcho nessa drástica crise através de ações e iniciativas, sem prejuízo de outras que ainda serão desenvolvidas, caso necessário.

Desse modo, após consultar os 20 clubes participantes da Série A do Campeonato Brasileiro e receber o pedido de 15 equipes pela suspensão da competição até o dia 27 de maio, a CBF reitera o compromisso público assumido de transparência e diálogo pela atual gestão e suspende as rodadas 7 e 8 do certame.

Os clubes que pediram a suspensão da competição são: 

(1) Atlético Clube Goianiense; 
(2) Atlético Mineiro SAF;
(3) Club Athletico Paranaense; 
(4)Criciúma Esporte Clube; 
(5) Cruzeiro Esporte Clube SAF; 
(6) Cuiabá EsporteClube SAF; 
(7) Esporte Clube Bahia SAF; 
(8) Esporte Clube Juventude; 
(9) EsporteClube Vitória;
(10) Fluminense Football Club; 
(11) Fortaleza Esporte Clube; 
(12) Grêmio Football Porto Alegrense; 
(13) SAF Botafogo;
(14) Sport ClubInternacional; 
(15) Vasco da Gama SAF.
 
Tal decisão foi baseada também no pedido feito pela Federação Gaúcha de Futebol (FGF), que encaminhou e endossou o pleito dos seus clubes filiados.

A CBF informa também que a reunião do Conselho Técnico Extraordinária da Série A está mantida para o dia 27 de maio. Na conferência, os clubes vão deliberar sobre aspectos técnicos das competições bem como a situação de registro e transferência de atletas, questões jurídicas com relação aos acessos às competições internacionais como Libertadores, Sul-Americana e Mundial de Clubes e questões de direitos de transmissão e patrocínios.

Os presidentes das 10 federações com clubes envolvidos na competição também estão convidados a participar.

As demais competições seguem sem alteração na programação, exceto os jogos dos clubes gaúchos que estão suspensos até o dia 27 de maio.

VEJA ITENS POUCO LEMBRADOS QUE PODEM SER DOADOS A ABRIGOS DO RIO GRANDE DO SUL


De acordo com o último boletim divulgado pela Defesa Civil do Rio Grande do Sul, no início da tarde desta terça-feira (14), há mais de 76,8 mil pessoas vivendo em abrigos em todo o estado. Alguns dos locais foram montados de forma emergencial, com menos estrutura para atendimento das famílias. Por isso, itens pouco lembrados na hora de separar donativos podem estar fazendo falta às pessoas desabrigadas. O portal da CNN mostra:

Itens de cozinha
Em alguns locais que não funcionavam como abrigos anteriormente, há a necessidade de estruturar cozinhas. Para além de alimentos, talheres e panelas, voluntários ouvidos pela CNN citaram a necessidade de doações de abridores de lata e abridores de garrafa.

Cuidados com cabelo e higiene
Os abrigos também precisam de itens utilizados para cuidados com cabelos. Entre os objetos que mais fazem falta, elencados por voluntários que atuam diariamente com as pessoas desabrigadas estão:

Prendedores de cabelo, como elástico e borrachinhas;
Secadores de cabelo;
Pentes e escovas de cabelo.
Cortadores de unha também estão sendo muito utilizados e fazem falta nos abrigos, principalmente para uso pelas crianças.

Cuidados com as roupas
Os abrigos têm recebido diversas roupas, mas as doações podem abranger outros tipo de objetos que auxiliem na manutenção dos donativos. Segundo os voluntários, em locais improvisados como abrigos, há necessidade de baldes para roupas serem lavadas e elásticos e alfinetes para adaptar as roupas infantis ao corpo das crianças. Outros itens citados foram:

tecidos para confecção de roupas íntimas
corda para varal
prendedores de roupa
linha, agulha e artigos para costura no geral
Trajes para trabalho
Os voluntários ouvidos pela CNN relatam que muitos adultos voltaram a trabalhar, portanto precisam de roupas adequadas a suas funções. Há casos de secretárias e advogadas que necessitam de sapatos de salto alto e camisas sociais.

Por fim, alguns desabrigados precisaram deixar suas casas às pressas, muitas vezes, durante a madrugada, apenas com a roupa do corpo. Por isso, há pessoas que precisam de óculos de grau.

*CNN

ALAN ANDRADE E RICK DE JOÃO LULU ANUNCIAM UNIÃO PARA DISPUTA DA PREFEITURA DE BREJÕES

Os pré-candidatos a prefeito de Brejões, Alan Andrade (PSD) e Rick de João Lulu (AVANTE), surpreenderam a todos ao anunciar sua união no campo da oposição para disputar a gestão do município nas eleições de outubro. Essa aliança fortalece significativamente a oposição e promete um embate acirrado nas urnas.

Alan Andrade, ex-prefeito do município, e Rick de João Lulu, empresário de destaque, decidiram unir forças após intensas articulações nos bastidores. Essa união, que pegou muitos de surpresa, sinaliza uma nova dinâmica na corrida eleitoral em Brejões.

O grupo agora fortalecido está em processo de definição da chapa majoritária que irá enfrentar o candidato do atual prefeito Sandro (REDE), o seu correligionário Marcelo Lima. Com essa aliança, a oposição se apresenta mais robusta e preparada para oferecer uma alternativa de gestão para a população de Brejões.

Aguardemos os desdobramentos dos próximos capítulos dessa disputa eleitoral que promete ser uma das mais interessantes dos últimos anos no município.

CURTA!