sábado, 26 de setembro de 2020

OPERAÇÃO DA PF TERMINA COM 4 PREFEITOS PRESOS

Cerca de 70 agentes da PF cumpriram ainda 12 de mandados de busca e apreensão.

A Polícia Federal (PF) e a Procuradoria-Geral de Justiça de Rondônia deflagraram, nesta sexta-feira (25), a operação “Reciclagem“, com o objetivo de prender preventivamente prefeitos e ex-deputado por supostos crimes contra a administração pública.

Os políticos foram filmados recebendo “centenas de milhares de reais sendo distribuídos em dinheiro vivo”, segundo informações da PF.

Apenas na casa do prefeito de Rolim de MouraLuiz Ademir Schock, foram apreendidos cerca de R$ 5 milhões em dinheiro em espécie e bens, como joias, destaca o jornal Estadão.

Os demais alvos da operação são:

  • Marcito Aparecido Pinto (Ji-Paraná)
  • Glaucione Rodrigues (Cacoal)
  • Gislaine Clemente (São Francisco do Guaporé)
  • Daniel Neri (ex-deputado)

Os mandados de prisão preventiva foram expedidos pelo Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO). O órgão ainda determinou o afastamento dos gestores de suas funções públicas.

Além disso, ainda de acordo com o Estadão, foi decretado o bloqueio de mais de R$ 1,5 milhões dos investigados.


sexta-feira, 25 de setembro de 2020

GOVERNO CONFIRMA EMERGÊNCIA EM SÃO MIGUEL DAS MATAS APÓS TERREMOTOS NA BAHIA

O estado de situação de emergência da cidade de São Miguel das Matas, no Vale do Jiquiriçá, foi homologada pelo governo do estado nesta sexta-feira (25), por causa dos terremotos que atingiram a região no final de agosto. Um deles teve magnitude de 4,6.

A prefeitura já havia decretado a situação de emergência no início de setembro. De acordo com a publicação do Diário Oficial da Bahia nesta sexta, a medida foi tomada por causa dos danos decorrentes de tremor de terra que afetou as atividades econômicas e atingiu a população. O estado de emergência vale por 180 dias, retroagindo seus efeitos a 31 de agosto. O estado também prevê que a homologação é para preservar o bem-estar da população, com a adoção de medidas que se fizerem necessárias. Nos decretos municipais ficaram autorizadas as seguintes medidas: Mobilização de todos os órgãos municipais para atuarem sob a direção da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil, nas ações e medidas urgentes e necessárias para o atendimento das famílias afetadas até o retomo da normalidade, assim como de resposta ao desastre e reabilitação do cenário e reconstrução/desobstrução; Convocação de voluntários para reforçar as ações de resposta ao desastre e realização de campanhas de arrecadação de recursos junto à comunidade, com o objetivo de facilitar as ações de assistência à população afetada pelo desastre, sob a direção da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil;
Fica autorizado às autoridades administrativas e os agentes de defesa civil, diretamente responsáveis pelas ações de resposta aos desastres, em caso de risco iminente, a: entrar nas casas, para prestar socorro ou para determinar a pronta evacuação; utilizar propriedades particulares, no caso de iminente perigo público, assegurada ao proprietário indenização ulterior, se houver dano.
* G1 / edição Outro Olhar Info

ACIDENTE ENTRE CARRO E BICICLETA OCORREU EM AMARGOSA


Acidente envolvendo um veículo Gol e uma bicicleta, foi registrado nesta manhã de sexta-feira (25) em Amargosa. 

O local é um cruzamento que liga três importantes avenidas: ACM, São Cristovão e Abelardo Veloso. Moradores afirmam que sempre acontecem acidentes naquele local. 

O senhor que estava na bicicleta teve um corte na cabeça e foi socorrido por moradores; a Polícia Militar esteve no local para tomar as devidas diligências.




CÃES SÃO USADOS PARA DETECTAR CORONAVÍRUS EM AEROPORTO NA FINLÂNDIA

Cães treinados para detectar o novo coronavírus começaram a farejar alguns passageiros no aeroporto de Helsinque-Vanda nesta semana, em um projeto piloto utilizado conjuntamente com exames convencionais. 

A eficiência dos cães não foi comprovada em estudos científicos comparativos, por isso os passageiros que se oferecem para ser testados e são suspeitos de portar o vírus são instruídos a também fazer um exame de coleta para confirmar o resultado.

Uma equipe de 15 cães e dez instrutores está sendo treinada para o trabalho na Finlândia por voluntários patrocinados por uma clínica veterinária particular. Entre eles está Kossi, um cão de resgate espanhol que foi treinado como cão farejador no país e que já trabalhou na detecção de câncer.

"O que vimos em nossa pesquisa é que os cães encontram a doença cinco dias antes de os pacientes terem quaisquer sintomas clínicos", disse Anna Hielm-Bjorkman, professora adjunta da Universidade de Helsinque, especializada em pesquisa clínica de animais acompanhantes.

"Eles são muito bons nisso. Chegamos perto de uma sensibilidade de 100%", disse ela, referindo-se à capacidade dos cães para detectar casos do novo coronavírus.

No exame canino, um passageiro passa uma gaze no pescoço e a coloca em uma lata, que depois é entregue em outra sala para que um cão a fareje e ofereça um resultado imediato.

Alguns meses atrás, autoridades dos Emirados Árabes Unidos adotaram um exame canino semelhante no Aeroporto Internacional de Dubai, usando cães policiais.

*AGÊNCIA BRASIL


AMARGOSA REGISTRA 10 NOVOS CASOS DE COVID-19 NESTA QUINTA-FEIRA (24)

Nas últimas 24 horas, foram realizadas 15 coletas PCR no município de Amargosa.

Foram registrados mais 10 casos de Covid-19:

Homem, 29 anos
Homem, 23 anos
Criança, 08 anos
Mulher, 28 anos
Mulher, 32 anos
Homem, 29 anos
Mulher, 18 anos
Homem, 22 anos
Mulher, 37 anos
Mulher, 41 anos

Além disso, mais 11 casos suspeitos foram descartados pelo Lacen.

Mais 09 pacientes recuperados:

Homem, 25 anos
Mulher, 29 anos
Mulher, 42 anos
Mulher, 39 anos
Mulher, 11 anos
Mulher, 14 anos
Mulher, 34 anos
Homem, 44 anos
Homem, 14 anos

Nesse momento, Amargosa possui 42 casos ativos, 319 recuperados e 10 óbitos provocados pela Covid-19.

CONFIRA MANCHETES DOS PRINCIPAIS JORNAIS DO PAÍS NESTA SEXTA-FEIRA 25 DE SETEMBRO DE 2020

Nesta sexta-feira 25 de setembro de 2020, o Outro Olhar Info publica as manchetes dos principais jornais do país; confira abaixo

Diário Bahia
Entrega de apartamentos beneficia mais de 700 famílias em Itabuna


A Tarde
Bahia ultrapassa os 300 mil contaminados pela Covid; mortos somam 6.455


Correio da Bahia
Subtenente da PM é preso acusado de sequestrar mulher na Linha Verde

Tribuna da Bahia
TCM julga procedente denúncia de nepotismo contra prefeito de Santo Amaro

O Globo
Flávio declarou à Receita que recebeu R$ 250 mil em empréstimos de assessores de Bolsonaro

O Dia
Cientistas relatam novos casos de reinfecção pela Covid. Brasil se aproxima de 140 mil mortes

Extra
Liga das escolas de samba do Rio adia desfile de 2021 devido à pandemia e ainda busca data

Folha de São Paulo
Gestão Bolsonaro tem aprovação de 40% e reprovação de 29%, mostra pesquisa Ibope

O Estado de São Paulo
Governo libera R$ 2,5 bilhões para aderir a programa global de acesso a vacinas contra a Covid

Correio Braziliense
Bolsonaro passa por cirurgia na manhã desta sexta-feira em SP. Médico é eleitor arrependido

Valor Econômico
Odebrecht e família Gradin chegam a acordo e encerram litígio de dez anos

Estado de Minas
Candidato a vereador é assassinado dentro da Secretaria de Obras de Patrocínio

Jornal do Commercio
Contrários à volta às aulas presenciais, professores da rede estadual de Pernambuco decretam estado de greve

Diário do Nordeste
TRF suspende liminar que impedia volta de peritos ao trabalho em agências do INSS

Zero Hora
Justiça do RJ torna Marcelo Crivella inelegível até 2026; cabe recurso

CANDIDATO A VEREADOR É ASSASSINADO POR IRMÃO DO PREFEITO

De acordo com a PM, o irmão do prefeito deu cinco tiros no candidato a vereador.

O ex-presidente da Câmara Municipal de Patrocínio e candidato a vereador, Cássio Remis (PSDB), foi morto a tiros na tarde desta quinta-feira (24). O assassinato foi confirmado pela Polícia Militar e teria acontecido após uma live transmitida em uma rede social do político. Ninguém foi preso até o momento.

Remis realizava uma transmissão ao vivo em uma rede social, denunciando uma suposta obra irregular realizada pela Prefeitura de Patrocínio, a 393 km de Belo Horizonte.

Durante a transmissão, Remis capta o momento em que um veículo branco se aproxima. Um homem desce do carro e é identificado pela vítima como Jorge Marra, secretário municipal de Obras e irmão do prefeito, Deiró Marra (DEM).

O candidato a vereador chega a anunciar a chegada do opositor durante a live. — Está aqui agora o secretário que veio aqui para me agredir. Quando o homem se aproxima da vítima, o celular começa a balançar. Cássio chega a pedir para o homem não quebrar o aparelho. Neste momento, a transmissão é interrompida.

De acordo com o tenente-coronel Caixeta, que atendeu à ocorrência, depois de ter levado o celular do candidato do PSDB, o homem entrou de volta no carro e seguiu em direção à Secretaria de Obras. A vítima foi atrás do autor para tentar pegar o celular de volta. Neste momento, o "autor sacou um revólver e efetuou disparos contra a vítima". Ainda segundo o militar, o autor do crime deixou o local em uma caminhonete Hillux. A PM tenta localizar o autor do crime.

*R7

quinta-feira, 24 de setembro de 2020

IBOPE: APROVAÇÃO DE BOLSONARO ATINGE A 50%

A popularidade de Jair Bolsonaro continua subindo. Segundo o Ibope, a aprovação sobre a maneira de ele governar passou de 41% para 50%, praticamente o mesmo nível que exibia no início da gestão (51%).

A confiança no presidente também subiu de 41% para 46%, enquanto o percentual daqueles que avaliam o governo como ótimo ou bom chegou a 40% – na pesquisa anterior era de 29%.

IBOPE


GOVERNO DESTINA R$ 10 BILHÕES PARA MICRO E PEQUENOS EMPRESÁRIOS


O governo federal liberou R$ 10 bilhões para a concessão de empréstimos para microempreendedores individuais (MEIs) e empresas de pequeno porte por meio do Programa Emergencial de Acesso a Crédito (Peac-Maquininhas). A medida provisória (MP) que autoriza a abertura do crédito extraordinário foi publicada hoje (24) no Diário Oficial da União. .

O programa foi aprovado em julho no Congresso e sancionado mês passado pelo presidente Jair Bolsonaro  e tem o objetivo de diminuir os efeitos econômicos negativos causados pela pandemia de covid-19.

O Peac-Maquinhas usará como garantia os valores a receber de vendas feitas por meios das máquinas de cartões. A instituição financeira vai considerar o valor de vendas que passou pela maquininha um ano antes do período da pandemia, calcular o valor médio e fixar um valor de empréstimo para essa empresa, limitado ao teto de R$ 50 mil. Os juros são de até 6% ao ano.

De acordo com o texto da MP, os recursos serão liberados a partir da contratação de operação de crédito interna (contratos ou emissão de títulos da dívida pública) e repassados ao Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), instituição responsável por coordenar o programa.

*AGÊNCIA BRASIL

MINILUA OU LIXO ESPACIAL? OBJETO QUE SE APROXIMA DA TERRA INTRIGA CIENTISTAS

Uma nova minilua pode estar prestes a se juntar à órbita da Terra. Mas há desconfiança de que, na verdade, o objeto espacial recém-descoberto seja um foguete dos anos 1960

O objeto em questão está a caminho de entrar na órbita da Terra e pode chegar a 27.000 milhas de distância (cerca de 43 mil quilômetros) da superfície. No entanto, em vez de algum asteroide que orbitará ao redor do planeta, dessa vez pode se tratar apenas algum lixo espacial antigo que fez o seu caminho de volta para o nosso planeta.

Segundo Paul Chodas, diretor do Centro de Estudos de Objetos Próximos à Terra da Nasa, o objeto, denominado Asteróide 2020 SO, se originou de um antigo foguete da década de 1960.

"Eu suspeito que este objeto recém-descoberto, o 2020 SO, seja um antigo foguete, porque está seguindo uma órbita em torno do Sol que é extremamente semelhante à da Terra, quase circular, no mesmo plano, e apenas um pouco mais distante do Sol em seu ponto mais distante", disse Chodas à CNN.

"Esse é precisamente o tipo de órbita que um estágio de foguete separado de uma missão lunar seguiria, uma vez que passasse pela Lua e escapasse para a órbita ao redor do Sol. É improvável que um asterpide pudesse ter evoluído para uma órbita como esta, mas não impossível".

Chodas analisou o movimento do asteroide para trás no tempo para tentar ligá-lo a qualquer lançamento de missão lunar conhecido e descobriu que provavelmente estava na "vizinhança da Terra no final de 1966".

Segundo ele, a observações se correlacionam com o lançamento do Surveyor 2 em 20 de setembro de 1966. Essa missão foi projetada para ter um pouso suave na Lua, mas uma falha levou à queda da espaçonave, disse Chodas.

O foguete Centauro que foi usado para impulsionar a espaçonave passou pela Lua e entrou em órbita perto do Sol e não foi visto novamente - até agora, suspeita o cientista.

É provável que o objeto entre em uma órbita distante ao redor da Terra no final de novembro e, se for um asteroide, seria considerado uma minilua. No entanto, se for um foguete de reforço como Chodas suspeita, será apenas mais um pedaço de lixo espacial flutuando no espaço.

“Em mais ou menos um mês teremos uma indicação se o 2020 SO é realmente um corpo de foguete, já que devemos começar a ser capazes de detectar o efeito da pressão da luz solar sobre o movimento desse objeto: se realmente é um foguete corpo, será muito menos denso que um asteroide e a leve pressão devido à luz solar produzirá mudanças suficientes em seu movimento para que possamos detectá-lo nos dados de rastreamento", disse Chodas.

Em entrevista à CNN, na manhã desta quinta-feira (24), o astrônomo Marcelo Zurita também comentou sobre este objeto que está intrigando os cientistas.

"A princípio a gente não sabe o que é. Pode ser tanto um foguete ou até mesmo um asteróide capturado pela gravidade da Terra. Mas é importante a gente informar que esta captura é temporária. Imagina-se que em outubro deste ano e maio de 2021 vai estar em órbita da Terra, mas depois deste período ele entrará na órbita do sol", disse.

E acrescenta: "Retrocedendo a trajetória conseguimos saber de onde ele veio. Após analisar isso, foi possível perceber que ele esteve em órbita da Terra na década 60. Portanto, desconfiaram de um foguete Centauro que foi lançado para testes como parte da missão Apollo, que levaria o homem à Lua". 

De acordo com ele, será preciso analisar detalhadamente o objeto através  de uma espectroscopia, que retira um espectro de luz para análise.

"Para sabermos  o que é, é preciso fazer um trabalho de identificação dos materiais que compõe este objeto. Isso é feito através da espectroscopia, tiramos um espectro da luz deste objeto e a partir disso será possível avaliar se ele é um objeto artificial ou natural", afirmou. 

É raro que estágios de foguetes perdidos sejam capturados da órbita ao redor do Sol e entrem em órbita ao redor da Terra, e este seria apenas o segundo caso de um estágio de foguete sendo capturado da órbita.

A única outra vez que isso aconteceu foi em 2002, do que pode ter sido o estágio superior do Saturn V da Apollo 12, disse Chodas.

*CNN BRASIL


ALERJ APROVA CONTINUIDADE DO PROCESSO DE IMPEACHMENT DE WITZEL


Por 69 votos a 0, os deputados estaduais do Rio de Janeiro aprovaram, nesta quarta-feira, 23, o processo de impeachment por crime de responsabilidade do governador afastado Wilson Witzel (PSC)Agora, a denúncia será encaminhada ao Tribunal de Justiça do Rio (TJRJ), que será composto por cinco deputados e cinco desembargadores, e irá definir os ritos finais do processo. Ao receber a denúncia, o tribunal decretará um novo afastamento, por 180 dias, do governador. Depois, decide se ele cometeu crime de responsabilidade e se deve perder os direitos políticos.

O relatório do deputado estadual Rodrigo Bacellar (SDD), aprovado pela Comissão Especial da Alerj no dia 17, alega que há indícios de que o governador afastado tenha cometido crime de responsabilidade por meio do recebimento de vantagens indevidas. Witzel está afastado do cargo de governador do Rio de Janeiro desde 28 de agosto, após determinação do Superior Tribunal de Justiça (STJ) pelas investigações relativas a sua suposta participação em fraudes na área da saúde.

Witzel é acusado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) de integrar uma organização criminosa que movimentou propinas em um valor de R$ 554,2 mil, que teriam sido pagas por empresários da área da saúde ao escritório de advocacia da primeira-dama do Rio, Helena Witzel. O esquema envolveria compras fraudadas na área da Saúde em plena pandemia do novo coronavírus. 

Desde o início, o governador afastado nega as acusações. “Não há provas pelo fato de não ter ocorrido. Não há nenhuma relação com a Unir e as empresas contratadas pelo escritório da minha esposa”, escreveu Witzel ontem nas redes sociais. “A vida me forjou nos desafios. Menino pobre, orgulho de uma doméstica e de um metalúrgico. Resistirei. Politicamente, minha história está apenas começando. Juridicamente, minha absolvição e retorno imediato ao cargo no qual o povo me colocou é o único caminho possível”, continuou. Ele disse, ainda, que “jamais renunciaria ao cargo”.

*JOVEM PAN



MANAUS PODE TER ATINGIDO ‘IMUNIDADE DE REBANHO’, APONTA ESTUDO

A cidade de Manaus, fortemente atingida pela pandemia de coronavírus, pode ter tido tantos infectados que sua população se beneficia atualmente da “imunidade de rebanho”, aponta um estudo preliminar.

Publicado no site medRxiv, o estudo analisou dados das infecções com modelagem matemática para estimar que 66% da população apresentava anticorpos contra o novo coronavírus em Manaus, onde o ritmo dos contágios foi rápido e brutal.

A porcentagem pode ser alta o suficiente para ter ultrapassado o limiar da imunidade de rebanho, que acontece quando um número suficiente de membros de uma população fica imune a uma doença, que não consegue mais se propagar com eficácia, indicam os autores do estudo, um grupo de 34 pesquisadores brasileiros e estrangeiros.

“A taxa de infecção excepcionalmente alta sugere que a imunidade de rebanho desempenhou um papel significativo no tamanho da epidemia”, escreveram os autores da pesquisa, que ainda deve ser submetida à revisão por pares.

“Ao que tudo indica, a própria exposição ao vírus ocasionou a queda no número de casos e mortes em Manaus”, assinalou a coordenadora do estudo, Ester Sabino, professora da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FM-USP), à Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), que ajudou a financiar a pesquisa.

Manaus foi cenário de caos quando a pandemia atingiu o pico naquela cidade, em maio. Mas o número de mortos na capital, de 2,2 milhões de habitantes, caiu drasticamente nas últimas semanas, para uma média de 3,6 por dia nos últimos 14 dias.

Manaus é hoje uma das cidades de mais rápida reabertura no país. O Brasil registra o segundo maior número de mortos pela Covid-19 no mundo, 139 mil.

Especialistas em saúde alertam que tentar atingir a imunidade de rebanho é um caminho perigoso para a formulação de políticas. “A imunidade de rebanho por meio de uma infecção natural não é uma estratégia, e sim um sinal de que um governo fracassou no controle de um surto e está pagando por isso com vidas perdidas”, tuitou Florian Krammer, professor de microbiologia na Icahn School of Medicine do Hospital Monte Sinai, em Nova York. Outros especialistas advertem que a imunidade ao vírus pode ser de curto prazo.

Manaus registra 2.462 mortes causadas pelo novo coronavírus. Se fosse um país, a cidade teria a segunda maior taxa de mortalidade do mundo, com 100,7 óbitos a cada 100 mil habitantes.

*ISTO É

AMARGOSA: 10º ÓBITO EM DECORRÊNCIA DA COVID- 19 É CONFIRMADO

Nas últimas 24 horas, foram realizadas 17 coletas PCR no município de Amargosa- BA.

Foi registrado mais um caso Covid-19: Mulher, 53 anos

Além disso, mais 09 casos suspeitos foram descartados pelo Lacen.

Foi conformado mais um óbito:

Idoso, 60 anos (estava internado em Salvador)


Confirmamos mais 08 pacientes recuperados:

Mulher, 27 anos

Idosa, 67 anos

Homem, 54 anos

Homem, 43 anos

Mulher, 36 anos

Mulher, 55 anos

Mulher, 27 anos

Homem, 50 anos


Nesse momento, Amargosa possui 41 casos ativos, 310 recuperados e 10 óbitos provocados pela Covid-19.

MINISTRO DAS COMUNICAÇÕES GARANTE APOIO PARA PROJETO DE CHIP DE RÁDIO NO CELULAR

Em reunião-almoço promovida pela ABERT com os presidentes de associações estaduais de radiodifusão, nesta terça-feira (22), em Brasília, o ministro das Comunicações Fábio Faria anunciou que trabalhará para garantir que todos os celulares brasileiros tenham o chip FM desbloqueado o mais rápido possível.

A obrigatoriedade do dispositivo nos smartphones garante ao ouvinte acessar o rádio sem a necessidade de pacotes de dados da internet. Segundo o ministro, o presidente Jair Bolsonaro apoia a iniciativa.

"Nada mais justo que a gente possa dar, tanto para o setor, mas em primeiro lugar, para o cidadão, o rádio no celular, para que as pessoas não precisem comprar dados nem precisem entrar no 3G ou no 4G.

Em muitos lugares, as pessoas perdem o sinal de celular, ou não têm o sinal de celular. Nós só temos hoje 79% da população brasileira com acesso à internet, então são 43 milhões de brasileiros (sem acesso à internet). Com isso, nós iremos entrar em mais de 200 milhões de celulares, para que todos possam escutar sua rádio. Rádio é o cotidiano local, em muitas cidades é o único meio de informação ali", afirmou Faria.

Durante o encontro, o presidente da ABERT, Flávio Lara Resende, lembrou que o desbloqueio do chip FM no celular é um antigo pleito da ABERT.

Fábio Faria anunciou ainda que deverá ser publicada, nos próximos dias, a portaria que regulamenta as regras para requerer a dispensa do programa “A Voz do Brasil”.

O ministro disse também que o Minicom já está em contato com o Gabinete de Segurança Institucional para encaminhar o decreto que irá desburocratizar as regras do assentimento prévio.

Participaram do almoço representantes de 11 associações estaduais, além do secretário do Minicom, Fábio Wajngarten.

*ABERT

quarta-feira, 23 de setembro de 2020

AMARGOSENSE DÁ EXEMPLO AO DEVOLVER 6 MIL DEPOSITADO POR ENGANO EM SUA CONTA

Conhecido popularmente como Gel Pedreiro, morador do Bairro da Catiara em Amargosa, o senhor Gedilson Gomes dos Santos, foi até uma Casa Lotérica no Centro da cidade para realizar um saque na sua conta, na tarde de segunda-feira (21).

Ao chegar na agência, por engano a atendente ao invés de fazer a operação de saque, acabou efetivando o mesmo valor em um depósito na conta de Gedilson, totalizando o saldo no valor de seis mil reais.

"Quando eu cheguei em casa e olhei no aplicativo me surpreendi, porque a conta era para estar zerada, mas estavam lá R$ 6,000,00. Eu não iria dormir tranquilo se eu não fizesse a devolução daquilo que não era meu", afirmou Gel.

Gel realizou a devolução do valor, na tarde desta quarta-feira (23), dando exemplo de honestidade.

*AMARGOSA FM / edição Outro Olhar Info


terça-feira, 22 de setembro de 2020

INGLATERRA DETERMINA QUE BARES FECHEM MAIS CEDO PARA CONTER COVID-19

O premiê britânico Boris Johnson determinou que pubs, bares e restaurantes na Inglaterra passem a fechar mais cedo a partir da próxima quinta-feira para tentar conter o aumento do número de contágios pela covid-19 no país. Os estabelecimentos encerrarão as atividades às 22h (hora local).

Johnson vai se reunir nesta terça-feira, 22, com o comitê de emergências, do qual participam os principais ministros e chefes de governos regionais do Reino Unido, e depois fará um pronunciamento oficial para explicar à população as novas medidas a serem implementadas contra o pandemia. Diante do aumento do número de casos da doença, o governo britânico elevou o nível de alerta para quatro em uma escala nacional cujo máximo é cinco, o que significa que há um “alto risco de transmissão” e a necessidade retomar medidas de “distanciamento social”.

Além de fechar pubs, bares e restaurantes mais cedo, ficará proibido o consumo de alimentos e bebidas nos balcões desses estabelecimentos, já que serviço ficará restrito às mesas. Johnson, que também deve comparecer nesta terça-feira à Câmara dos Comuns, utilizará seu discurso para reiterar a necessidade de continuar cumprindo com as atuais diretrizes de distanciamento social, higiene e uso de máscaras.

“Ninguém minimiza o desafio que as novas medidas representarão para muitas pessoas e negócios. Sabemos que não será fácil, mas precisamos adotar mais medidas para controlar o novo aumento de casos do vírus e proteger Sistema Nacional de Saúde”, afirmou um porta-voz de Downing Street em comunicado.

Desde a semana passada, é proibido organizar encontros ou reuniões sociais com mais de seis pessoas na Inglaterra, tanto em locais fechados ou ao ar livre. Assessores especializados do governo advertiram recentemente que o Reino Unido poderia atingir a marca de 50 mil casos diários de Covid-19 até a metade de outubro caso não sejam tomadas medidas concretas para conter o avanço do novo coronavírus. Atualmente, os casos estão dobrando a cada sete dias.

* Com EFE

LANÇAMENTO DO SEGUNDO LIVRO DO AUTOR ALEX RABAIOLI

Após a publicação de Muito mais que um jogo..., o autor Alex Rabaioli lança o seu segundo livro, intitulado Espelho, espelho meu: imagem corporal em estudantes universitários. Na primeira obra, Rabaioli narrou suas experiências no futebol, por tabela, efetuou um registro significativo sobre o esporte mais amado do planeta na nossa região.

Em Espelho, espelho meu, o autor analisa a percepção da estética corporal entre estudantes do meio acadêmico. Apesar da delimitação no subtítulo do livro, Rabaioli suplanta tais limites e nos concede uma série de reflexões sobre a relação narcísica e paradoxal entre a humanidade e a própria imagem. A linha temática da obra citada neste parágrafo só confirma a versatilidade de Rabaioli na arte da escrita.

O lançamento oficial de Espelho, espelho meu será realizado em 16/10, às 21h00, por intermédio duma live. Os leitores que queiram adquirir o livro, poderão entrar em contato com o autor através de suas redes sociais. Desde já, os amantes da leitura parabenizam Alex Rabaioli por esta publicação.

(Tosta Neto, 22/09/2020)

 

DENGUE PODE FORNECER IMUNIDADE CONTRA A COVID-19, SUGERE ESTUDO

novo coronavírus se propaga mais lentamente em locais onde ocorreram surtos recentes de dengue, de acordo com um estudo ainda não publicado. A correlação entre as doenças sugere que o vírus da dengue pode fornecer algum nível de imunidade contra a Covid-19.

Liderado pelo professor brasileiro Miguel Nicolelis, da Duke University (EUA), o estudo comparou a distribuição geográfica de ambas as doenças em 2019 e 2020. Os resultados, compartilhados com a agência de notícias Reuters, mostraram menor incidência, mortalidade e taxa de crescimento da Covid-19 em populações no Brasil onde os níveis de anticorpos para dengue eram mais elevados. 

A descoberta é surpreendente, já que, como observa Nicolelis, o flavivírus da dengue e o Sars-Cov-2 pertencem a famílias completamente distintas, e uma interação imunológica entre eles não era esperada. 

De acordo com o professor, se comprovada, "essa hipótese pode significar que a infecção por dengue ou a imunização com uma vacina eficaz e segura contra a doença poderia produzir algum nível de proteção imunológica contra a Covid-19". 

Nicolelis ressaltou que existem trabalhos mostrando que alguns pacientes que já tiveram dengue podem ter resultado positivo para coronavírus mesmo sem nunca tê-lo contraído, o que reforça a hipótese de seu estudo. 

Imunidade cruzada

A possibilidade de imunidade cruzada foi levantada a partir da observação de estados como Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais, que tiveram alta incidência de dengue em 2019 e no início deste ano. 

De acordo com o pesquisador, a Covid-19 demorou mais para atingir altos níveis de transmissibilidade nesses estados em comparação com Amapá, Maranhão e Pará, onde os surtos de dengue foram menos intensos. 

Cenários semelhantes foram observados em outros lugares da América Latina, em algumas ilhas dos oceanos Pacífico e Índico e na Ásia.

Apesar de intrigante, vale frisar que o estudo ainda não foi revisado por pares, portanto, não é possível afirmar sua confiabilidade. Ele foi enviado ao repositório online MedRxiv, que distribui versões pré-publicadas de pesquisas sobre saúde, e aguarda aprovação de uma revista científica. 

Via: Reuters


SANHAÇU-DO-COQUEIRO (MURILO CAMPOS)

Ave de tamanho médio e com aparência notável, Sanhaçu-do-coqueiro (Tangara palmarum), é em geral cinza, mas pode apresentar-se com um verde a depender da luz. Possui hábitos generalistas, ou seja, alimentando-se de insetos, frutas, sementes, néctar, entre outros. É encontrado em palmeiras ou áreas abertas, jardins e em bordas de florestas. Geralmente é visto aos pares.

Fotografia realizada em área urbana com uso de isca (mamão).

(Murilo Campos, 22/09/2020)

 

APÓS PARALISAÇÃO, CORREIOS DEVEM RETOMAR 100% DAS ATIVIDADES HOJE

Após 35 dias em greve, nesta terça-feira (22) funcionários dos Correios devem voltar ao trabalho. Ontem (26), no julgamento do dissídio da categoria, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) aprovou reajuste de 2,6%.A maioria dos ministros também entendeu que o movimento, que começou em 17 de agosto, não foi abusivo. Pela decisão, metade dos dias de greve será descontado do salário dos empregados, a outra metade terá que ser compensada. No caso de descumprimento da decisão de retorno imediato, a multa diária foi fixada em R$ 100 mil.

Em nota, a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresa dos Correios e Similares ( Fentect), criticou a decisão do TST.  “Essa decisão representa mais um ataque aos direitos da classe trabalhadora, e um retrocesso a nossa categoria. É mais uma mostra de como o Judiciário se mantém servil ao patronato, atuando de forma político partidária, e se mantendo distante do propósito de justiça e dignidade à classe trabalhadora”, disse José Rivaldo da Silva, secretário-geral da federação.

Além de considerar o reajuste insuficiente, entre as maiores perdas contabilizadas pela entidade está a redução dos dias de licença maternidade na empresa, que passará de 180 dias, como praticada em todo o governo federal, para 120 dias. O documento publicado pela Federação diz que a entidade realizará, na manhã de hoje, reunião com sua diretoria para avaliação do cenário. Apesar de não falar explicitamente em manutenção da greve, a Fentect orienta todos os sindicatos filiados a manterem a realização de assembleias previstas para hoje, para analisar a proposta e “decidir de forma coletiva e democrática sobre o resultado do julgamento.”

Retomada de serviços

Os Correios também se manifestaram sobre o resultado do dissídio. Também em nota, a empresa esclareceu que segue executando o plano de continuidade do negócio, com a realização de mutirões de entrega, inclusive em fins de semana e feriados, com o objetivo de reduzir os efeitos da paralisação parcial dos empregados à população.

A estatal acrescentou que, desde o mês de julho, buscou negociar os termos do Acordo Coletivo de Trabalho 2020/2021, de maneira “a fortalecer as finanças e preservar sua sustentabilidade”. “A empresa agora empreenderá todos os esforços para recompor os índices de eficiência dos produtos e serviços, considerados essenciais, nesse momento em que a população brasileira mais precisa”, garante o documento.

*AGÊNCIA BRASIL

SOMOS VÍTIMAS DE CAMPANHA BRUTAL DE DESINFORMAÇÃO, DIZ BOLSONARO

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta terça-feira (22), no discurso virtual durante a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), que a Covid-19 ganhou o centro de todas as atenções neste ano, e lamentou "cada morte ocorrida". Ele também destacou as queimadas no Pantanal e na Amazônia, e disse que o país é "vítima de campanha brutal de desinformação".

Ele declarou que, apesar da crise mundial, a produção rural não parou no Brasil. "Nosso agronegócio continua pujante e, acima de tudo, possuindo e respeitando a melhor legislação ambiental do planeta. Mesmo assim, somos vítimas de uma das mais brutais campanhas de desinformação sobre a Amazônia e o Pantanal", disse ele.

"Desde o princípio, alertei, em meu país, que tínhamos dois problemas para resolver: o vírus e o desemprego, e que ambos deveriam ser tratados simultaneamente e com a mesma responsabilidade", afirmou.

"Por decisão judicial, todas as medidas de isolamento e restrições de liberdade foram delegadas a cada um dos 27 governadores das unidades da Federação", destacou Bolsonaro.

Ele falou ainda que "parcela da imprensa brasileira também politizou o vírus, disseminando o pânico entre a população". "Sob o lema 'fique em casa' e 'a economia a gente vê depois', quase
trouxeram o caos social ao país", declarou.

Íntegra do discurso de Bolsonaro

Senhor presidente, da Assembleia Geral, Volkan Bozkir;

Senhor secretário-geral da ONU, António Guterres, a quem tenho a satisfação de cumprimentar em nossa língua-mãe;

Chefes de Estado, de governo e de delegação;

Senhoras e senhores,

É uma honra abrir esta assembleia com os representantes de nações soberanas, num momento em que o mundo necessita da verdade para superar seus desafios.

A Covid-19 ganhou o centro de todas as atenções ao longo deste ano e, em primeiro lugar, quero lamentar cada morte ocorrida.

Desde o princípio, alertei, em meu País, que tínhamos dois problemas para resolver: o vírus e o desemprego, e que ambos deveriam ser tratados simultaneamente e com a mesma responsabilidade.

Por decisão judicial, todas as medidas de isolamento e restrições de liberdade foram delegadas a cada um dos 27 governadores das unidades da Federação. Ao Presidente, coube o envio de recursos e meios a todo o País.

Como aconteceu em grande parte do mundo, parcela da imprensa brasileira também politizou o vírus, disseminando o pânico entre a população. Sob o lema “fique em casa” e “a economia a gente vê depois”, quase trouxeram o caos social ao país.

Nosso governo, de forma arrojada, implementou várias medidas econômicas que evitaram o mal maior:

- Concedeu auxílio emergencial em parcelas que somam aproximadamente 1000 dólares para 65 milhões de pessoas, o maior programa de assistência aos mais pobres no Brasil e talvez um dos maiores do
mundo;

- Destinou mais de 100 bilhões de dólares para ações de saúde, socorro a pequenas e microempresas, assim como compensou a perda de arrecadação dos estados e municípios;

- Assistiu a mais de 200 mil famílias indígenas com produtos alimentícios e prevenção à Covid;

- Estimulou, ouvindo profissionais de saúde, o tratamento precoce da doença;

- Destinou 400 milhões de dólares para pesquisa, desenvolvimento e produção da vacina de Oxford no Brasil.

Não faltaram, nos hospitais, os meios para atender aos pacientes de Covid.

A pandemia deixa a grande lição de que não podemos depender apenas de umas poucas nações para produção de insumos e meios essenciais para nossa sobrevivência. Somente o insumo da produção de hidroxicloriquina sofreu um reajuste de 500% no início da pandemia. Nesta linha, o Brasil está aberto para o desenvolvimento de tecnologia de ponta e inovação, a exemplo da indústria 4.0, da inteligência artificial, nanotecnologia e da tecnologia 5G, com quaisquer parceiros que respeitem nossa soberania, prezem pela liberdade e pela proteção de dados.

No Brasil, apesar da crise mundial, a produção rural não parou. O homem do campo trabalhou como nunca, produziu, como sempre, alimentos para mais de 1 bilhão de pessoas.

O Brasil contribuiu para que o mundo continuasse alimentado.

Nossos caminhoneiros, marítimos, portuários e aeroviários mantiveram ativo todo o fluxo logístico para distribuição interna e exportação.

Nosso agronegócio continua pujante e, acima de tudo, possuindo e respeitando a melhor legislação ambiental do planeta.

Mesmo assim, somos vítimas de uma das mais brutais campanhas de desinformação sobre a Amazônia e o Pantanal.

A Amazônia brasileira é sabidamente riquíssima. Isso explica o apoio de instituições internacionais a essa campanha escorada em interesses escusos que se unem a associações brasileiras, aproveitadoras e impatrióticas, com o objetivo de prejudicar o governo e o próprio Brasil.

Somos líderes em conservação de florestas tropicais. Temos a matriz energética mais limpa e diversificada do mundo.

Mesmo sendo uma das 10 maiores economias do mundo, somos responsáveis por apenas 3% da emissão de carbono.

Garantimos a segurança alimentar a um sexto da população mundial, mesmo preservando 66% de nossa vegetação nativa e usando apenas 27% do nosso território para a pecuária e agricultura, números que nenhum outro país possui.

O Brasil desponta como o maior produtor mundial de alimentos.

E, por isso, há tanto interesse em propagar desinformações sobre o nosso meio ambiente.

Estamos abertos para o mundo naquilo que melhor temos para oferecer, nossos produtos do campo. Nunca exportamos tanto. O mundo cada vez mais depende do Brasil para se alimentar.

Nossa floresta é úmida e não permite a propagação do fogo em seu interior. Os incêndios acontecem praticamente, nos mesmos lugares, no entorno leste da Floresta, onde o caboclo e o índio queimam seus roçados em busca de sua sobrevivência, em áreas já desmatadas.

Os focos criminosos são combatidos com rigor e determinação. Mantenho minha política de tolerância zero com o crime ambiental. Juntamente com o Congresso Nacional, buscamos a regularização fundiária, visando identificar os autores desses crimes.

Lembro que a Região Amazônica é maior que toda a Europa Ocidental. Daí, a dificuldade em combater, não só os focos de incêndio, mas também, a extração ilegal de madeira e a biopirataria. Por isso, estamos ampliando e aperfeiçoando o emprego de tecnologias e aprimorando as operações interagências, contando, inclusive, com a participação das Forças Armadas.

O nosso Pantanal, com área maior que muitos países europeus, assim como a Califórnia, sofre dos mesmos problemas. As grandes queimadas são consequências inevitáveis da alta temperatura local, somada ao acúmulo de massa orgânica em decomposição.

A nossa preocupação com o meio ambiente vai além das nossas florestas. Nosso Programa Nacional do Combate ao Lixo no Mar, um dos primeiros a serem lançados no mundo, cria uma estratégia para os nossos 8.500 km de costa.

Nessa linha, o Brasil se esforçou na COP25 em Madri para regulamentar os artigos do Acordo de Paris que permitiriam o estabelecimento efetivo do mercado de carbono internacional. Infelizmente fomos vencidos pelo protecionismo.

Em 2019, o Brasil foi vítima de um criminoso derramamento de óleo venezuelano, vendido sem controle, acarretando severos danos ao meio ambiente e sérios prejuízos nas atividades de pesca e turismo.

O Brasil considera importante respeitar a liberdade de navegação estabelecida na Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar.

Entretanto, as regras de proteção ambiental devem ser respeitadas e os crimes devem ser apurados com agilidade, para que agressões como a ocorrida contra o Brasil não venham a atingir outros países.

Não é só na preservação ambiental que o país se destaca. No campo humanitário e dos direitos humanos, o Brasil vem sendo referência internacional pelo compromisso e pela dedicação no apoio prestado aos refugiados venezuelanos, que chegam ao Brasil a partir da fronteira no estado de Roraima.

A Operação Acolhida, encabeçada pelo Ministério da Defesa, recebeu quase 400 mil venezuelanos deslocados devido a grave crise político-econômica gerada pela ditadura bolivariana.

Com a participação de mais de 4 mil militares, a Força Tarefa Logística-Humanitária busca acolher, abrigar e interiorizar as famílias que chegam à fronteira.

Como um membro fundador da ONU, o Brasil está comprometido com os princípios basilares da Carta das Nações Unidas: paz e segurança internacional, cooperação entre as nações, respeito aos direitos humanos e às liberdades fundamentais de todos. Neste momento em que a organização completa 75 anos temos a oportunidade de renovar nosso compromisso e fidelidade a esses ideais. A paz não pode estar dissociada da segurança.

A cooperação entre os povos não pode estar dissociada da liberdade. O Brasil tem os princípios da paz, cooperação e prevalência dos direitos humanos inscritos em sua própria Constituição, e tradicionalmente contribui, na prática, para a consecução desses objetivos.

O Brasil já participou de mais de 50 operações de paz e missões similares, tendo contribuído com mais de 55 mil militares, policiais e civis, com participação marcante em Suez, Angola, Timor Leste, Haiti, Líbano e Congo.

O Brasil teve duas militares premiadas pela ONU na Missão da República Centro-Africana pelo trabalho contra violência sexual.

Seguimos comprometidos com a conclusão dos acordos comerciais firmados entre o Mercosul e a União Europeia e com a Associação Europeia  de Livre Comércio. Esses acordos possuem importantes cláusulas que reforçam nossos compromissos com a proteção ambiental.

Em meu governo, o Brasil, finalmente, abandona uma tradição protecionista e passa a ter na abertura comercial a ferramenta indispensável de crescimento e transformação.

Reafirmo nosso apoio à reforma da Organização Mundial do Comércio que deve prover disciplinas adaptadas às novas realidades internacionais.

Estamos igualmente próximos do início do processo oficial de acessão do Brasil à OCDE. Por isso, já adotamos as práticas mundiais mais elevadas em todas as áreas, desde a regulação financeira até os domínios da segurança digital e da proteção ambiental.

No meu primeiro ano de governo, concluímos a reforma da previdência e, recentemente, apresentamos ao Congresso Nacional duas novas reformas: a do sistema tributário e a administrativa.

Novos marcos regulatórios em setores-chave, como o saneamento e o gás natural, também estão sendo implementados. Eles atrairão novos investimentos, estimularão a economia e gerarão renda e emprego.

O Brasil foi, em 2019, o quarto maior destino de investimentos diretos em todo o mundo. E, no primeiro semestre de 2020, apesar da pandemia, verificamos um aumento do ingresso de investimentos, em comparação com o mesmo período do ano passado. Isso comprova a confiança do mundo em
nosso governo.

O Brasil tem trabalhado para, em coordenação com seus parceiros sul-atlânticos, revitalizar a Zona de Paz e Cooperação do Atlântico Sul.

O Brasil está preocupado e repudia o terrorismo em todo o mundo.

Na América Latina, continuamos trabalhando pela preservação e promoção da ordem democrática como base de sustentação indispensável para o progresso econômico que desejamos.

A LIBERDADE É O BEM MAIOR DA HUMANIDADE.

Faço um apelo a toda a comunidade internacional pela liberdade religiosa e pelo combate à cristofobia.

Também quero reafirmar minha solidariedade e apoio ao povo do Líbano pelas recentes adversidades sofridas.

Cremos que o momento é propício para trabalharmos pela abertura de novos horizontes, muito mais otimistas para o futuro do Oriente Médio.

Os acordos de paz entre Israel e os Emirados Árabes Unidos, e entre Israel e o Bahrein, três países amigos do Brasil, com os quais ampliamos imensamente nossas relações durante o meu governo, constitui excelente notícia.

O Brasil saúda também o Plano de Paz e Prosperidade lançado pelo Presidente Donald Trump, com uma visão promissora para, após mais de sete décadas de esforços, retomar o caminho da tão desejada solução do conflito israelense-palestino.

A nova política do Brasil de aproximação simultânea a Israel e aos países árabes converge com essas iniciativas, que finalmente acendem uma luz de esperança para aquela região.

O Brasil é um país cristão e conservador e tem na família sua base.

Deus abençoe a todos!

E o meu muito obrigado!

CURTA!