segunda-feira, 22 de julho de 2019

FAMILIARES E AMIGOS DE JUNINHO CLAMAM POR JUSTIÇA EM AMARGOSA

Foi com gritos de ordem por justiça, que familiares e amigos de Edgar Santos da Silva Júnior, conhecido como “Juninho”, vítima de um homicídio ocorrido em Julho de 2018, se mobilizaram na manhã desta segunda-feira(22), em frente ao Fórum do município e clamaram por uma punição rígida ao autor do crime, o registro é do site Amargosa News.
O culpado pelo crime, o menor D. C. S. R, foi apreendido durante uma operação da Polícia Civil de Amargosa há 3 dias, e, mesmo já tendo completado 18 anos, o mesmo responderá por ato infracional análogo a homicídio qualificado, o qual poderá ser aplicada medida sócio educativa, como internação em Casa de Acolhimento ao Menor, até atingir a idade de 21 anos.
                                                                                              Grupo Outro Olhar no WhatsApp
                                                                                                Curta nossa página no Facebook 👍🏻

                                                                                                                  Siga nosso Instagram 📷


150 MILHÕES DE ROSTOS E NOMES NO BANCO DE DADOS DO FACEAPP

Uma vez que algo é enviado para a nuvem, você perdeu o controle completo daquela informação. Muito cuidado com os aplicativos que instala.

O aplicativo viral FaceApp tem proporcionado às pessoas a possibilidade de mudar suas expressões faciais e aparências. Mas, ao mesmo tempo, as pessoas têm dado ao FaceApp o poder de usar suas fotos e nomes para qualquer propósito que desejar, pelo tempo que desejar.
O FaceApp agora possui informações de quase 200 milhões de rostos e nomes de pessoas, informa a revista Forbes.
Mais de 100 milhões de pessoas baixaram o aplicativo apenas no Google Play. O aplicativo agora é um dos mais bem classificado na iOS App Store em 121 países, de acordo com o site App Annie.
De acordo com os termos de serviço do aplicativo, a empresa da Rússia agora possui uma licença sem royalties, irrevogável e interminável para fazer o que quiser com as informações dos usuários.
Na última quinta-feira, 18 de julho, a Fundação Procon de São Paulo notificou o FaceApp e as empresas Apple e Google, proprietárias das lojas virtuais que disponibilizam o aplicativo.
O órgão disse que as empresas deverão esclarecer a a políticas de coleta, armazenamento e uso dos dados dos consumidores que utilizam o aplicativo de celular.
FONTE: RENOVA MÍDIA 
Grupo Outro Olhar no WhatsApp
                                                                                                Curta nossa página no Facebook 👍🏻

                                                                                                                  Siga nosso Instagram 📷

domingo, 21 de julho de 2019

POR QUE A LUA AINDA É FORTE EM NOSSO IMAGINÁRIO?

Ao pousar na Lua em 1969, os americanos Neil Armstrong e Buzz Aldrin pisaram com seus próprios pés no astro que alimentou as fantasias da humanidade por anos.
"Um imaginário envolvendo a lua muito poderoso atravessou os séculos, até que o sonho se tornou realidade", resume o astrofísico Jean-Pierre Luminet.
Seja na literatura, na poesia ou no cinema, o satélite da Terra foi objeto por mais de 15 séculos, desde a antiguidade até a década de 1940, de expedições imaginárias, cada vez mais fantasmagóricas.
À Lua se viajou em uma onda durante uma tempestade em "História Verdadeira" de Luciano de Samósata no século II; com a ajuda do orvalho em "Viagem à Lua" de Cyrano de Bergerac, em 1657; ou mesmo em um barco voador em "As Aventuras do Barão de Münchhausen", em 1785.
E nela estavam os demônios de "Somnium", do astrônomo alemão Johannes Kepler (1634); cogumelos gigantes, como no filme poético de Méliès "Viagem à Lua", de 1901; e selenitas (o nome dos supostos habitantes do satélite terrestre) que viviam na Lua de H. G. Wells em "Os primeiros homens na Lua".
Mas tudo tem seu fim: a realidade finalmente alcançou a ficção científica, que se revelou racional e premonitória em obras como "Da Terra à Lua", de Jules Verne (1865), onde se menciona a propulsão, ou no filme "A Mulher na Lua", de Fritz Lang (1929), e a história em quadrinhos "Rumo à Lua: as aventuras de Tintim", de Hergé (1950), em que apareceram os foguetes.
"Desde os anos 1930-1940, os avanços na indústria aeroespacial começaram a se concretizar. A viagem à lua passou a ser algo verossímil e o imaginário lunar ganha contornos claros", explica Natacha Vas Deyres, professora de Letras da Universidade de Bordeaux-Montaigne.
E mais ainda, depois de "percebemos que a Lua era um astro completamente morto, que não havia muito o que fazer, exceto, é claro, avanços científicos", diz Jean-Pierre Andrevon, escritor de ficção científica.
É neste momento que Marte assume a dianteira, com obras como "As Crônicas Marcianas", do americano Ray Bradbury (anos 1940), "Life on Mars?", o sucesso de David Bowie escrito no final dos anos 1960, a trilogia sobre Marte de Kim Stanley Robinson dos anos 1990 ou ainda "Perdido em Marte" de Ridley Scott, em 2015.
- 1969, entrada na cultura pop -
"À medida que exploramos, expandimos os lugares onde situamos coisas extraordinárias", explica o astrofísico Roland Lehoucq, presidente do festival internacional de ficção científica Les Utopiales.
Em 20 de julho de 1969, o grande passo para a humanidade terminou com o imaginário lunar?
De maneira nenhuma: "Depois de 1969, a Lua se tornou um objeto da cultura pop, dos mangás, das séries de televisão...", comenta Natacha Vas-Deyres, que cita a série "Espaço: 1999" (1975-1977), "uma verdadeira série que marcou o imaginário da ficção científica".
"E a aventura continua" com Grendizer (de 1975 a 1977), "o mais poderoso dos robôs" e o primeiro mangá animado. A Lua se torna um campo militar extraterrestre que deve ser destruído.
E mesmo se viajar para a Lua já não faz sonhar a tantos, o satélite não deixou de ser um solo fértil para alguns autores.
"Nós passamos a fantasiar com uma Lua cheia de homens vivendo sob cúpulas, em bases pressurizadas, etc. O que todo mundo tem em suas cabeças é a parte lunar de '2001: Uma Odisseia no Espaço' (1968), de Stanley Kubrick", lembra Jean-Pierre Andrevon.
Outros fantasiam com o lado oculto, como Pink Floyd e seu "The Dark Side Of The Moon" (1973), o álbum mais vendido do grupo.
A Lua também oferece a possibilidade de imaginar o futuro da Terra. O astro explode por causa dos experiências militares de Georges-Jean Arnaud nos quadrinhos "La Compagnie des glaces) (1980-2005) e nos convida a refletir sobre a clonagem e inteligência artificial no filme "Moon" DE Duncan Jones ( 2009) e sobre o colonialismo em "Revolta na Lua" (Robert A. Heinlein, 1966).
"Na ficção científica, independente do que façamos ou onde vamos, mesmo nas galáxias mais distantes, sempre colocamos problemas terrestres: a diferença, a luta pelo poder, a guerra, a colonização...", aponta Jean-Pierre Andrevon.
Algumas questões estão se somando como a mudança climática e o fim da civilização "desde que nos tornamos seriamente conscientes do que nos espera", acrescenta o escritor.

 (Fonte: AFP / *Edição OutroOlharInfo)

Grupo Outro Olhar no WhatsApp
                                                                                                Curta nossa página no Facebook 👍🏻
                                                                                                                  Siga nosso Instagram 📷
VINGADORES: ULTIMATO ULTRAPASSA AVATAR NAS BILHETERIAS

Enfim aconteceu! Pouco menos de três meses após seu lançamento, Vingadores: Ultimato ultrapassou Avatar! O 22º filme do Universo Cinematográfico Marvel se torna, assim, o filme de maior arrecadação na história do cinema!
O anúncio foi feito pelo próprio Kevin Feige, no painel da Marvel na San Diego Comic-Con deste ano, como celebração ao término da Saga do Infinito. "Um enorme parabéns aos times da Marvel Studios e Walt Disney Studios, e obrigado aos fãs ao redor do mundo que levaram Vingadores: Ultimato às maiores alturas", declarou Alan Horn, vice-presidente da Disney.
Maior sucesso da Marvel, Vingadores: Ultimato superou inúmeros recordes, incluindo maior pré-estreia, maior bilheteria em um único dia, filme mais rápido a acumular US$350 milhões, e longa-metragem mais tuitado de todos os tempos. James Cameron já pode enviar seus parabéns!

(Fonte: Adoro Cinema / *Edição OutroOlharInfo)

Grupo Outro Olhar no WhatsApp
                                                                                                Curta nossa página no Facebook 👍🏻
                                                                                                                  Siga nosso Instagram 📷

sábado, 20 de julho de 2019

AMARGOSA: POLÍCIA APREENDE ACUSADO DE HOMICÍDIO EM CAVALGADA QUE ESTAVA FORAGIDO
Um crime que causou clamor público na Cidade de Amargosa chega ao seu desfecho com a apreensão do então menor de idade de iniciais D. C. S. E., atualmente maior com 18 anos. 

Era um domingo do dia 15 de abril de 2018 e estava ocorrendo uma cavalgada na zona rural de Amargosa. Em dado momento houve uma discussão banal e o então adolescente, à época com 17 anos, sacou de um punhal e desferiu vários golpes em face da vítima, que caiu ao chão ensanguentado, vindo a falecer pouco tempo depois, vítima das lesões causadas pelas agressões sofridas. O crime gerou revolta à população do Município, com manifestações populares em busca de Justiça.

Rapidamente a Polícia Civil de Amargosa concluiu o procedimento investigativo e o Delegado Adilson Freitas representou pela internação provisória do menor infrator. Ocorre que, antes de ser decretada a internação, o menor empreendeu fuga do Município e desde então estava em local não sabido.

Nos últimos meses, porém, a Polícia Civil de Amargosa intensificou as investigações, até que finalmente o hoje maior de idade foi localizado vivendo tranquilamente na Cidade de Camaçari, na certeza da impunidade. 

Assim foi que uma equipe de Policiais Civis de Amargosa, deu cumprimento ao mandado de apreensão em desfavor de D. C. S. R. A sociedade ansiava por Justiça, sendo que com mais esta Missão cumprida, a equipe da Polícia Civil sente honrada em dar a Amargosa a resposta tão aguardada. 

A vítima Edgar Santos da Silva Júnior, na época com 31 anos, conhecido por “Juninho”, era muito benquisto entre as pessoas das mais diversas classes sociais, pelo seu jeito simples e honrado de levar a vida deixando esposa, filho, familiares e um grande número de amigos inconformados pela forma covarde como sua vida foi ceifada. 

Como à época dos fatos D. C. S. R. possuía a idade de 17 anos, o mesmo responderá por ato infracional análogo a homicídio qualificado, mesmo já tendo completado a maioridade, sendo passível de ser aplicada medida sócio educativa, como a internação em Casa de Acolhimento ao Menor, até atingir a idade de 21 anos, quando então não mais poderá ser aplicada penalidade.

sexta-feira, 19 de julho de 2019

NOVAS REGRAS PARA CÁLCULO DO FRETE MÍNIMO NO TRANSPORTE DE CARGAS
A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou as novas regras para o cálculo do frete mínimo de transporte de cargas. Com as alterações publicadas ontem (18), a nova resolução sobre o tema prevê que o cálculo do frete mínimo passará a considerar 11 categorias na metodologia coeficientes dos pisos mínimos. A resolução também amplia os itens levados em consideração para o cálculo.
Segundo a norma, o cálculo do piso mínimo de frete levará em consideração o tipo de carga e serão aplicados dois coeficientes de custo: um envolvendo o custo de deslocamento (CCD) e, outro, de carga e descarga (CC), que levará em consideração o número de eixos carregados. A resolução determina ainda que será levada em consideração a distância percorrida pelo caminhoneiro.
A resolução da ANTT detalha a multa para quem contratar o serviço abaixo do piso mínimo. A pena a ser aplicada é de duas vezes a diferença entre o valor pago e o piso devido, sendo que é de no mínimo R$ 500 e de, no máximo, R$ 10.500. Já quem ofertar contratação do transporte de rodoviário de carga abaixo do piso mínimo pode ser multado em R$ 4.975.
No final de maio, a agência reguladora anunciou o fim da aplicação de multa aos caminhoneiros que descumprissem a tabela ou denunciassem a empresa que não paga valor mínimo do frete. De acordo com a ANTT, a aplicação de penalidades aos caminhoneiros acabava desmotivando os motoristas a denunciar as empresas que estavam pagando o preço abaixo da tabela. Com a alteração, nenhum caminhoneiro autônomo pode ser multado caso esteja transportando cargas no valor abaixo do piso mínimo de frete estabelecido.
De acordo com a ANTT, a medida estabelecida na resolução desmotivava os motoristas a denunciar as empresas que estavam pagando o preço abaixo da tabela, pois eles recebiam o mesmo tipo de punição aplicada às empresas embarcadoras. Com a alteração, nenhum caminhoneiro autônomo pode ser multado caso esteja transportando cargas no valor abaixo do piso mínimo de frete estabelecido.
A ANTT informou ainda que vai aprofundar, até janeiro do próximo ano, os estudos para tratamento de cargas especiais - vidros, animais vivos, guincho para reboque de veículos, produtos aquecidos, logística reversa de resíduos sólidos, granéis em silo, entre outros -; tratamento específico de cargas fracionadas e para transporte dedicado voltando vazio. A agência vai analisar ainda o destaque do diesel na fórmula do piso mínimo.
FONTE: AGÊNCIA BRASIL
Grupo Outro Olhar no WhatsApp
                                                                                                Curta nossa página no Facebook 👍🏻

                                                                                                                  Siga nosso Instagram 📷
 ESPOSA DE TOFFOLI ESTAVA NA MIRA DA RECEITA ANTES DELE TRAVAR INVESTIGAÇÕES DO COAF
O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, pode ter agido em benefício próprio quando determinou, na última terça-feira (16), que processos baseados em dados sigilosos do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) e da Receita Federal obtidos sem autorização prévia da Justiça seriam suspensos. Informações obtidas pela revista Crusoé apontam que Tofolli já estava tentando pausar esse tipo de investigação após a Receita começar a buscar dados sobre o escritório de mulher, a advogada Roberta Maria Rangel.
Na época em que as investigações contra o escritório de Roberto começaram, o ministro chegou a marcar para 21 de março a discussão de um recurso que delimitaria até que pontos esses órgãos poderiam repassar informações fiscais para procuradores e investigadores. Depois, remarcou o julgamento para novembro, mas tudo foi adiantado nesta semana quando ele aproveitou o pedido da defesa do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) para adiantar o processo.
Dessa forma, segundo a revista, além de beneficiar sua esposa e o senador, Tofolli ainda ajudaria o amigo e também ministro Gilmar Mendes, uma vez que sua mulher, Guiomar Mendes, também é alvo de uma apuração interna da Receita Federal.
FONTE: Jovem Pan News
                                                                                            Grupo Outro Olhar no WhatsApp
                                                                                                Curta nossa página no Facebook 👍🏻

                                                                                                                  Siga nosso Instagram 📷

CURTA!