domingo, 10 de novembro de 2019

EVO MORALES PERDE APOIO DE MILITARES E RENUNCIA À PRESIDÊNCIA DA BOLÍVIA

O presidente da Bolívia, Evo Morales, anunciou neste domingo (10) na TV, que renunciou ao seu mandato. O anúncio veio logo após as Forças Armadas da Bolívia pedirem a sua renúncia durante coletiva de imprensa. A informação é do jornal Clarín.
“Quero dizer que a luta não termina aqui. Os humildes, os pobres, os setores sociais, nós vamos continuar com essa luta por igualdade e paz. É importante dizer ao povo que é minha obrigação como presidente buscar essa pacificação”, afirmou Morales. Ele havia ganhado as eleições gerais em 20 de outubro.
“Estou renunciando. Estou renunciando justamente para que meus irmãos e irmãs, dirigentes e autoridades, não sejam perseguidos e ameaçados”, disse.
Morales também informou que enviará sua carta de renúncia à Assembleia Legislativa da Bolívia. Ainda neste domingo, o então presidente da Bolívia convocou novas eleições gerais.
A decisão aconteceu após a divulgação do resultado de uma auditoria da Organização dos Estados Americanos (OEA), que identificou irregularidades no pleito de 20 de outubro e recomendou uma nova votação.
O Ministério Público do país também informou que vai processar os membros do Tribunal Supremo Eleitoral do país por “supostos atos irregulares” nas eleições de 20 de outubro e dois ministros de Morales renunciaram dizendo que suas decisões buscam ajudar na pacificação do país.
* JOVEM PAN NEWS
                                                                                              Curta nossa página no Facebook👍🏻
                                                                                                                 Siga nosso Instagram 📷

0 comentários:

CURTA!