sexta-feira, 15 de maio de 2020

ESLOVÊNIA ANUNCIA QUE VENCEU O CORONAVÍRUS

O primeiro-ministro da Eslovênia, Janez Jansa
Pequeno país europeu reabriu as fronteiras e permitiu que o comércio volte a funcionar; máscaras ainda são itens obrigatórios em espaços públicos
O primeiro-ministro da Eslovênia, Janez Jansa, anunciou na noite de ontem, 14, que o país conseguiu vencer o coronavírus e que as fronteiras serão reabertas. O país é o primeiro da União Europeia (UE) a anunciar que superou ao doença.
Em discurso no Parlamento, Jansa afirmou que a Eslovênia conseguiu controlar a pandemia em seu território e que possui, no momento, a melhor situação clínica do continente para o tratamento do coronavírus. Isso, de acordo com o primeiro-ministro, torna possível que as fronteiras do país sejam reabertas, informa o jornal O Estado de S. Paulo.
Pelas regras que entrarão em vigor, cidadãos da UE poderão circular livremente, já de outros países deverão respeitar uma quarentena de pelo menos 7 dias antes. Com pouco mais de 2 milhões de habitantes, a ex-república da Iugoslávia fica na região dos Bálcãs e faz fronteira com a Áustria, Hungria, Croácia e Itália, um dos países que mais foram afetados pelo coronavírus na Europa.
Mesmo com isso, porém, a Eslovênia apresentou um número baixo de casos, com apenas 1.500 casos confirmados e 103 mortos pelo coronavírus. Nas últimas duas semanas, o país apresentou uma média de apenas 7 novos casos por dia.

O cuidado continua

Apesar da reabertura das fronteiras, o país anunciou que algumas medidas para evitar uma segunda onda de contaminação vão permanecer. As instruções para o distanciamento social e o uso obrigatório de máscaras em locais públicos continuam valendo
O governo anunciou que a partir do início da próxima semana, grade parte das restrições do comércio vão cair. Centros comerciais e hotéis com até 30 quartos poderão retomar o funcionamento.
*REVISTA OESTE

0 comentários:

CURTA!