sexta-feira, 12 de junho de 2020

65% DEIXARAM DE PAGAR ALGUMA CONTA NO ÚLTIMO MÊS POR CAUSA DA PANDEMIA

Pesquisa DataPoder360 mostra que 65% dos brasileiros deixaram de pagar alguma conta no último mês por causa da pandemia de covid-19. Outros 31% mantiveram os débitos em dia e 4% não souberam ou não responderam.
Dentre os mais jovens, de 18 a 24 anos, 83% disseram ter deixado de pagar alguma dívida. É o maior percentual entre todas as faixas etárias.
O infográfico acima mostra que o percentual decresce radicalmente quando observa-se a renda dos entrevistados. Dos desempregados e sem renda fixa, por exemplo, os que deixaram de pagar alguma conta são 78%.
Por outro lado, apenas 13% dos mais ricos, que recebem mais de 10 salários mínimos (equivalente a R$ 10.450), se tornaram inadimplentes no período.
A pesquisa foi realizada de 8 a 10 de junho de 2020 pelo DataPoder360, divisão de estudos estatísticos do Poder360, por meio de ligações para celulares e telefones fixos. Foram 2.500 entrevistas em 518 municípios, nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. O nível de confiança é de 95%. Saiba mais sobre a metodologia lendo este texto.
O impacto do novo coronavírus na economia é 1 dos principais motivos apontados pelo presidente Jair Bolsonaro para o afrouxamento das medidas de isolamento social e a consequente retomada das atividades econômicas.
O chefe do Executivo defende 1 isolamento vertical, em que apenas o grupo de maior risco para a doença fique em quarentena. Para ele, a paralisação da atividade econômica causará alta taxa de desemprego, o que prejudicaria ainda mais do que o impacto da covid-19 na saúde dos cidadãos.

IMPACTOS NA ECONOMIA

A pesquisa do DataPoder360 aponta que, além das questões de inadimplência, a pandemia impacta em ainda mais aspectos financeiros da vida dos brasileiros.
Mesmo com medidas de quarentena decretadas por Estados e municípios, 29% saíram de casa para trabalhar nas últimas duas semanas.
Os que tiveram emprego ou renda afetados pela covid-19 foram 67% dos entrevistados.

DATAPODER360


0 comentários:

CURTA!