quarta-feira, 15 de julho de 2020

SESAB É ACUSADA DE APREENDER “KITS COVID” DESTINADOS PARA DOAÇÃO EM TEIXEIRA DE FREITAS



A médica Caroline Martins, de Teixeira de Freitas, usou as redes sociais para denunciar a apreensão pela Vigilância Sanitária da Bahia de “kits covid” que estavam sendo distribuídos na cidade, após uma ação da iniciativa privada do município.
De acordo com a médica, o kit, que possui cloroquina e ivermectina, estava sendo distribuído de graça para a população, mediante comprovação de prescrição médica, para tratamento da Covid-19.
“A iniciativa privada de Teixeira de Freitas se mobilizou para doar à população carente três medicamentos que estão sendo usados para combate à Covid-19. Ontem [segunda-feira] começamos a doação e fomos surpreendidos com a chegada da Vigilância Sanitária estadual ao local”, disse a médica. Segundo Caroline, os fiscais não encontraram irregularidades, mas voltaram no dia seguinte para recolher não somente os kits feitos pelos médicos da região, como também ameaçar fechar as farmácias que os cederam.
“Fomos novamente surpreendidos pela Vigilância estadual da Bahia, que autuou toda as as farmácias de manipulação e recolheu todos os remédios que nós havíamos comprado nessas farmácias com ameaça de interdição. Ou seja, se as farmácias não entregassem esses medicamentos, eles iriam fechar as farmácias”, contou a médica.
O vídeo com o relato de Caroline Martins foi publicado pelo vereador de Salvador, Alexandre Aleluia (DEM), em suas redes sociais.
O Política ao Vivo procurou a Secretaria de Saúde da Bahia para comentar a denúncia, mas ainda não obteve retorno.
* Política ao Vivo

0 comentários:

CURTA!