terça-feira, 17 de novembro de 2020

CONFIRA AS CIDADES DA BAHIA ONDE A ELEIÇÃO PARA PREFEITO FOI MAIS APERTADA

Imagine uma cidade pequena no interior em que a eleição para prefeito está sendo decidida por apenas seis eleitores. Esse poderia até ser um conto de ficção, mas essa cidade existe, se chama Sebastião Laranjeira e fica no Centro-Sul da Bahia. No domingo (15), a eleição que escolheu o próximo comandante do município foi decidida por inacreditáveis seis votos. E ela não foi a única a ter uma disputa tão apertada. Outros 11 prefeitos baianos conquistaram o cargo com menos de 100 votos.

Sebastião Laranjeira é uma cidade pacata, como muitos municípios do interior, mas que em tempos de eleição se transforma. Esse ano havia apenas dois candidatos concorrendo à Prefeitura, o ginecologista e mastologista Pedro Malheiros (PSB) e a farmacêutica bioquímica e ex-prefeita Luciana Muniz (PL), mas a disputa foi tão apertada que a população precisou esperar até o último minuto para saber quem tinha vencido.

Pedro ganhou, com 2.268 votos, mas o que impressionou foi que Luciana teve 2.262 confirmações nas urnas. A diferença foi de apenas seis votos. Outros 143 eleitores votaram nulo e 37 escolheram votar em branco.

A Justiça Eleitoral proíbe segundo turno para municípios com menos de 200 mil habitantes, por isso, na maioria das cidades do interior a contagem para a vitória é feita voto a voto. Nas redes sociais, o prefeito eleito comemorou a vitória, mas não comentou o placar.

Sebastião Laranjeiras – Pedro Malheiros (PSB) – 06 votos de diferença;

Santa Terezinha –Agnaldo Andrade (PSD) – 23  votos de diferença;

Mulungu do Morro – Edimario Boaventura (PSD) – 31 votos de diferença;

Itaju do Colônia – Djalma (PSD) – 44 votos de diferença;

Várzea do Poço – Carneiro (PCdoB) – 48 votos de diferença;

Santa Cruz da Vitória – Professor Maurício (PSDB) – 51 votos de diferença;

Mirangaba – Dirceu Ribeiro (PSD) – 53 votos de diferença;

Jucuruçu – Lili (PSDB) – 57 votos de diferença;

Jaguaquara – Edione (PP) – 58 votos de diferença;

Santanópolis – Vitor do Posto (PP) – 76 votos de diferença;

Macaúbas – Aloísio (DEM) – 82 votos de diferença;

Santo Amaro – Alessandra Gomes (PSD) – 100 votos de diferença;


Confira outros placares apertados:

Jaborandi – Dr. Marcos (PSDB) – 102 votos de diferença; 

Cravolância – Ivete (PSD) - 110 votos de diferença; 

Cafarnaum – Sueli Novais (PL) – 117 votos de diferença; 

Mucuri – Robertinho (DEM) – 117 votos de diferença; 

Pé de Serra – Edgar Miranda (PSD) – 129 votos de diferença; 

Lafaiete Coutinho – João Vei (PP) – 130 votos de diferença; 

Catolândia - Giovanni (PSDB) – 137 votos de diferença; 

Lagoa Real – Pedro Cardoso (MDB) – 138 votos de diferença; 

Ibirapitanga – Jonilson de Boró (PSD) – 144 votos de diferença; 

Jandaraí – Adilson Leite (Avante) – 146 votos de diferença; 

Utinga – Joyuson Vieira (PSB) – 145 votos de diferença; 

Tanque Novo – Dr. Ricardo (PP) – 152 votos de diferença; 

0 comentários:

CURTA!