terça-feira, 16 de fevereiro de 2021

CACÁ LEÃO REITERA DESEJO DO PP DE QUE JOÃO LEÃO OCUPE MAJORITÁRIA EM 2022

O novo líder do PP na Câmara dos Deputados, sucedendo o presidente eleito Arthur Lira (PP-AL), o deputado federal Cacá Leão reiterou o desejo do partido de apresentar um candidato para a composição da chapa majoritária estadual de 2022.

Ainda que tenha afirmado que o momento não é propício para definição de uma eleição tão longe, com a questão da saúde pública exigindo total foco do Congresso, o deputado admitiu que espera que o vice-governador, e seu pai, João Leão (PP), seja escolhido como candidato para a base do governo na futura disputa, mesmo com o PT já tendo demonstrado a intenção de lançar o ex-governador Jaques Wagner para a contenda.

"2022 precisa ser pautado em 2022. Esse é um momento crítico que precisamos tratar de vacina e do retorno no auxílio emergencial. Ainda vivemos um momento muito difícil onde precisamos tratar de socorrer a vida do povo brasileiro. Mas, é claro que nosso desejo é ter o vice-governador João Leão (PP) como candidato a governador da Bahia. Isso vai ser tratado na hora certa, o PT já apresentou legitimamente o nome do senador e ex-governador Jaques Wagner, o PSD deverá apresentar o nome do senador Otto Alencar e o PP na hora certa vai apresentar seu nome", afirmou em entrevista para o programa Isso é Bahia, da rádio A TARDE FM (103.9).

Aliado de Bolsonaro a nível nacional, com especulações inclusive de que o presidente, atualmente sem partido, poderia se filiar para disputar a reeleição, e do governo petista na Bahia, o PP terá a 3ª maior bancada da Câmara nesta legislatura, com direito a ser o partido do presidente da Casa, além de ter sido o partido de maior crescimento nas eleições municipais do Estado.

Para Leão, esses resultados desmonstram um renascimento do partido após as investigações durante a Operação Lava-Jato, onde o PP foi um dos alvos prioritários, e seu trabalho como líder continuará promovendo o diálogo entre os poderes.

"O PP deu a volta por cima até porque praticamente todos os seus quadros que foram acusados naquele momento acabaram inocentados. 90% daqueles casos se trataram de falácias, o partido soube usar isso para se reconstruir e vive o seu melhor momento. Temos a terceira bancada da Câmara, elegemos o seu presidente e na Bahia fomos o partido que mais cresceu nas eleições municipais de 2020. A minha função de líder faz com que eu projete o desejo da nossa bancada. A função do líder é ouvir a sua bancada e externar o sentimento majoritário dela nas reuniões e no plenário. Temos um sentimento pró-reformas, e sabemos que precisamos ajudar o Brasil nesse momento. Estamos focados na questão da vacina e entender que precisamos desburocratizar esse acesso", ponderou.
*A TARDE

0 comentários:

CURTA!