quinta-feira, 8 de abril de 2021

BAHIA: POLÍCIA FEDERAL CUMPRE MANDADOS DE BUSCA POR FRAUDE EM AUXILIO EMERGENCIAL



A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quinta-feira, 8, a Operação Última Barreira, que visa coibir fraudes no auxílio emergencial na região Oeste da Bahia. O prejuízo estimado é superior a R$ 27 mil.

São cumpridos, nesta manhã, três mandados de busca e apreensão na cidade de Luís Eduardo Magalhães, no extremo oeste baiano, expedidos pela Justiça Federal. Também foi determinado o bloqueio de valores das contas dos investigados.

De acordo com a apuração da PF, os investigados cadastraram no aplicativo Caixa Tem, pelo menos, 45 contas em nome de terceiros para o recebimento do benefício de forma fraudulenta. Com isso, os valores eram transferidos imediatamente para contas vinculadas ao grupo criminoso e também por meio da emissão de boletos bancários pelos próprios suspeitos.

Os responsáveis pelas condutas delitivas investigadas responderão pela prática dos crimes de estelionato, falsidade ideológica e associação criminosa.

Apuração criminal

A investigação, que teve início em 2020, é resultado da Estratégia Integrada contra as Fraudes ao Auxílio Emergencial (EIAFAE), da qual participam a Polícia Federal, o Ministério Público Federal (MPF) o Ministério da Cidadania (MCid), a CAIXA, a Receita Federal (RF), a Controladoria Geral da União (CGU) e o Tribunal de Contas da União (TCU), cujo objetivo é a racionalização dos procedimentos de apuração criminal sobre a temática, com foco na atuação de grupos, associações ou organizações criminosas e a desarticulação de fraudes estruturadas.

*A TARDE

0 comentários:

CURTA!