segunda-feira, 5 de abril de 2021

GOLPISTAS DA VACINA MIRAM ENGANAR ESTADOS E MUNICÍPIOS


PF apura que criminosos que tentaram vender imunizantes ao Ministério da Saúde usavam 'cartas de referência' com indicativo de capacidade técnica do Paraguai. As informações são da revista Veja.

Investigando o bando que tentou vender vacinas falsas ao Ministério da Saúde, a Polícia Federal localizou, em um dos endereços dos alvos do esquema, uma lista de ofícios endereçados a governos estaduais e prefeituras na mira do golpe.

Os criminosos usavam cartas de referência forjadas, atestando indicativo de capacidade técnica, adquiridas no Paraguai. A PF agora apura se os golpistas fecharam negócio com estados e prefeituras citados nos documentos.

0 comentários:

CURTA!