sexta-feira, 29 de janeiro de 2021

CGU RELATA ERRO E INFORMA GASTO DE R$ 2,5 MILHÕES EM LEITE CONDENSADO EM 2020

Painel não indica valor por produto, corresponde ao total por contrato

O ministro Wagner Rosário (Controladoria Geral da União) afirmou, nesta 5ª feira (28.jan.2021), que o Painel de Compras do Ministério da Economia não informa os gastos corretos do governo federal em produtos alimentícios.

Segundo ele, os valores apresentados por produto correspondem ao total dos contratos em que estão incluídos, e não ao preço gasto especificamente por produto. As afirmações foram feitas em entrevista ao canal de televisão na Jovem Pan.

“Os valores do pagamento [por produto] não estão especificados em cada item. Só fazem referência à nota fiscal. Quando a repórter buscou os valores pagos, eles estavam distribuídos em todos os itens que constavam no empenho”, disse.

“Se eu comprei, em um mesmo contrato, R$ 100 de leite condensado, R$ 1.000 de arroz e R$ 1.000 de feijão, essa compra daria R$ 2.200. Com a busca que ela fez, aparecia o valor de R$ 2.200 pra cada item. Aparecia assim: R$ 2.200 de arroz, R$ 2.200 de feijão e R$ 2.200 de leite condensado. Isso porque [os valores] desses itens não estão especificados no pagamento”, afirmou.


0 comentários:

CURTA!