sexta-feira, 29 de janeiro de 2021

PALMEIRAS OU SANTOS? (TOSTA NETO)

Neste sábado (30), às 17h00, no Estádio do Maracanã, Palmeiras e Santos decidirão o título da Libertadores da América. A expectativa entre os amantes do futebol está altíssima, pois questões de peso estarão em jogo, entre as quais, o título mais cobiçado do futebol sul-americano e a contenda entre rivais estaduais.

Eis a questão: quem atingirá a Glória Eterna? É difícil apontar um franco favorito, afinal, numa decisão de partida única, o critério da imprevisibilidade angaria uma maior envergadura, porém as trajetórias das equipes de Cuca e Abel Ferreira trazem elementos que nos concedem uma análise mais contundente.

O Peixe teve um chaveamento mais complicado, porquanto se deparou com o copeiro Grêmio de Renato Gaúcho e o gigante Boca Juniors. Indubitavelmente, o Santos foi soberano nos dois confrontos e não deu chances aos adversários. Em termo de futebol jogado e imposição tático-técnica, o Santos é favorito, contudo, precisamos elencar outros fatores de suma importância.

Notadamente, o Alviverde teve um itinerário mais “fácil” até a final, não obstante eliminou na semifinal o River Plate (melhor time das Américas) do genial Marcelo Gallardo. Ademais, o Palmeiras tem um elenco mais forte, concedendo para o técnico Abel Ferreira um leque mais amplo de alternativas técnicas e táticas, cuja tal condição pode ser determinante na final. Poderíamos inferir que o Palestra Itália está com “sorte de campeão”, após o sufoco no jogo de volta contra o River Plate.

Aproveitando o ensejo, salientemos o belíssimo trabalho do técnico Cuca, apesar das dificuldades financeiras do time da Vila Belmiro. Creio que o torcedor santista mais fanático não imaginaria que seu time do coração conquistaria uma vaga na finalíssima. Quiçá os jogadores do Santos estejam mais relaxados na decisão, diante da ausência prévia de expectativas da torcida e do próprio clube. Por sua vez, o Palmeiras terá uma responsabilidade maior, por causa dos altos investimentos e da grande “obsessão” de sua torcida pela Libertadores da América, todavia, os atletas palmeirenses são experientes e saberão lidar com a pressão dentro das quatro linhas. Enfim, aguardemos a Grande Final entre Palmeiras e Santos no templo mais icônico da história do futebol.

(Tosta Neto, 29/01/2021)

 

0 comentários:

CURTA!