segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

EUA COLOCAM XIAOMI EM LISTA DE PROIBIÇÕES DO PENTÁGONO

O governo dos Estados Unidos adicionou ontem, quinta-feira 14, a Xiaomi — que ultrapassou em 2020 a Apple e tomou o posto de terceira maior fabricante de smartphones do mundo — em uma lista de proibições comerciais do Pentágono e do Departamento de Defesa. A acusação é de que a empresa tem relações com os militares chineses.

Em novembro, o presidente Donald Trump aprovou uma ordem executiva que impede os norte-americanos de investirem nas empresas que estão nesta lista militar. Isso significa que os investidores do país estão impossibilitados de comprar ativos da Xiaomi e eventualmente terão de vender os que tiverem.

A lista de proibição é diferente daquela em que está a Huawei, o gigante do setor de telecomunicações e segunda maior fabricante de smartphones do mundo. Essa outra lista é do Departamento de Comércio e impede até mesmo que empresas norte-americanas estabeleçam relações comerciais com as companhias listadas.

*Revista Oeste

0 comentários:

CURTA!