terça-feira, 23 de fevereiro de 2021

VACINA DA PFIZER CONTRA COVID-19 É A 1ª A OBTER REGISTRO DEFINITIVO NO BRASIL

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) concedeu o registro definitivo para uso da vacina da Pfizer/BioNTech contra a covid-19  no Brasil. Segundo a agência, os estudos e testes clínicos mostraram a “segurança, qualidade e eficácia” do imunizante.

A decisão foi divulgada nesta 3ª feira (23.fev.2021) em uma reunião com os diretores da Anvisa. Essa é a 1ª vacina a obter o registro definitivo no país. No entanto ela não está em uso no Brasil porque o governo federal ainda não tem um acordo para a compra de doses com a Pfizer.

O laboratório pediu o registro definitivo no início de fevereiro. Segundo nota divulgada pela da Anvisa, as análises técnicas da agência foram feitas em 17 dias. O prazo era de 60 dias, mas a agência tem sido pressionada a realizar os procedimentos técnicos com mais rapidez durante a pandemia.

O diretor-presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres, comemorou a rapidez e a liberação para uso da vacina da Pfizer. O imunizante da Oxford/AstraZeneca também está sendo analisado pela agência para uso emergencial. “Esperamos que outras vacinas estejam em breve, sendo avaliadas e aprovadas. Esse é o nosso compromisso”, afirmou Torres, em nota.


0 comentários:

CURTA!